Search
Close this search box.

Esquemão de drogas entre Vilhena e cidades do MT é descoberto na Operação Trilha de Algodão

Segundo a PF, as investigações tiveram início após a apreensão de drogas em Rondonópolis (MT) em outubro do ano passado.
Publicidade

O estado de Rondônia e o vizinho Mato Grosso (MT) receberam a “Operação Trilha de Algodão” deflagrada pela Polícia Federal (PF) e parceiros na tarde de hoje (15). O foco seria grupo criminoso especializado em tráfico interestadual de drogas e lavagem de capitais. Eles usavam carretas para levar cocaína até São Paulo.

Segundo a PF, as investigações tiveram início após a apreensão de drogas em Rondonópolis (MT) em outubro do ano passado. De lá até hoje, os homens da lei identificaram como o esquema era realizado. O grupo usava o interior de carretas que transportavam algodão e colocavam a droga, cocaína, com destino a São Paulo.

Publicidade

O resultado positivo, foi que a PF e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiram detonar quase duas toneladas de cocaína, avaliadas em R$ 5 milhões de reais, deixando prejuízo ao mundo do crime.

Em nota, a PF informou que a operação contou com 42 agentes e “foram cumpridos 4 mandados de prisão preventiva e 10 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Campos Júlio/MT, Sapezal/MT e Vilhena/RO”. Uma tabacaria usada para lavar dinheiro foi revistada e veículo importado apreendido.

Anúncie no JH Notícias