Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

Idoso é encontrado morto após ir investigar animal em mata

Alguns minutos após Emílio entrar na mata sua esposa afirmou ter ouvido dois tiros.
Publicidade

A morte do trabalhador identificado como Emílio Kistemacher, 65 anos, ocorreu nesta terça-feira (25) e muito provavelmente tenha sido causada por ataque de animal selvagem. O caso ocorreu no sítio da vítima, em Extrema, distrito de Porto Velho.

Os policiais militares conversaram com a esposa de Emílio, que informou sobre os cachorros terem estarem latindo próximo da mata, acuando algum animal. Seu marido então, em posse de uma espingarda calibre 36 foi até onde estava os cães e entrou na mata para ver o que estava acontecendo.

Publicidade

Alguns minutos após Emílio entrar na mata sua esposa afirmou ter ouvido dois tiros. O idoso não retornou e a mulher ficou com medo de entrar na mata e haver algum animal que pudesse lhe ferir.

Já no início da noite o filho de Emílio foi até à propriedade, sendo então lhe passada a situação que havia acontecido com seu pai. Desesperado, o rapaz entrou na mata e pouco tempo depois encontrou o corpo de Emílio, caído de bruços, com ferimentos no rosto e a espingarda ao lado do corpo.

Diante da situação os policiais entraram em contato com a Polícia Civil, em Porto Velho, para que fossem encaminhadas as equipes da perícia técnico científica e, também, do Instituto Médico Legal (IML), para onde o corpo de Emílio foi removido posteriormente.

Anúncie no JH Notícias