MP instaura inquérito para apurar supostos atos de improbidade praticados por delegados da Operação Pau Oco

Polícia - quinta-feira, 07/11/2019 às 11h26min
MP instaura inquérito para apurar supostos atos de improbidade praticados por delegados da Operação Pau Oco

O Ministério Público de Rondônia (MP/RO), após provocação do ex-governador Daniel Pereira, instaurou inquérito civil a fim de apurar supostos atos de improbidade administrativa praticados, em tese, por delegados responsáveis pela Operação Pau Oco.

Os servidores, já distribuídos a outros órgãos da Polícia Civil (PC/RO), ocupavam a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas do Interior (DRACO 2), que, “segundo consta, teriam violado os deveres de legalidade, impessoalidade e moralidade na execução de atos próprios de seus ofícios no âmbito da Operação Pau-Oco”

O procedimento tramita na 26ª Promotoria de Justiça de Porto Velho. De acordo com a movimentação, já houve despacho determinando providências a partir da última segunda-feira (04).

Por Rondônia Dinâmica


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email