Siga nossas redes sociais

Domingo, 05/12/2021

JH Notícias

Polícia

Mulher é presa vendendo drogas e afirma cometer crime para “sobreviver”

Suspeita estava em posse de cápsulas que podem ser de projeteis usados em execução

WhatsApp

Na noite de quarta-feira, 26, uma mulher de 32 anos foi presa pela Força Tática da Polícia Militar, após ser flagrada vendendo drogas na frente do filho de 16, no bairro Jardim Primavera, em Vilhena.

Segundo informações levantadas pela reportagem do jornal, após abordarem um adolescente, que apresentou um comportamento suspeito ao avistar a viatura, os militares encontram em suas vestes uma porção de maconha pesando aproximadamente 2 gramas.

Questionado sobre a procedência da droga, o garoto tentou despistar os militares afirmando ter comprado de um traficante que residia em outro bairro, mas ao entrar na casa onde ele afirmou estar pernoitando com a mãe, a guarnição encontrou sobre uma mesa, um recipiente plástico de cor branca contendo entorpecente do tipo crack.

Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Chamada Escolar 2022
Mulher para efetivação

Em revista pessoal realizada na suspeita, uma militar não encontrou nada ilícito, porém, ela acabou confessando que vende drogas para comprar roupas, calçados e alimentos para ela e o filho, que sabe sobre sua prática delituosa.

Na bolsa da mulher, os militares também localizaram algumas cápsulas deflagradas, que ela relatou ter recolhido próximo a uma chácara, localizada sentido a empresa Moura e Paz, onde foi executado a tiros na madrugada do último dia 24, Fábio Junior Rodrigues dos Santos, de 26 anos, mais conhecido como “Marmita”. (Relembre AQUI)

Diante dos fatos a mulher recebeu voz de prisão e foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil juntamente com o filho para o registro do caso.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Extra de Rondônia

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Polícia

Compartilhe esta notícia: