Search
Close this search box.
Publicidade

Operação ‘Médico e o Monstro’ prende médico cubano por crime de pornografia infantil em Rondônia

Durante a análise do histórico de downloads no computador do suspeito, foram encontrados indícios de pornografia infanto-juvenil, além de um vídeo da mesma natureza armazenado no disco rígido.
Foto: Polícia Civil de RO
Publicidade

Nesta sexta-feira (02/06), a Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (DEAM), da Polícia Civil do Estado de Rondônia, deflagrou a operação “Médico e o Monstro” com o objetivo de combater crimes de pornografia infantil na região do vale do Jamari.

A ação resultou na prisão de um médico cubano, que teve um mandado de prisão preventiva cumprido com base nas investigações conduzidas pela DEAM. O relatório do Ciberlab/DEI apontou o compartilhamento de pornografia infanto-juvenil, levando à solicitação de busca e apreensão.

Publicidade
Foto: PC/RO

Durante a análise do histórico de downloads no computador do suspeito, foram encontrados indícios de pornografia infanto-juvenil, além de um vídeo da mesma natureza armazenado no disco rígido.

O médico foi detido e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça. O crime de aquisição de pornografia infantil é descrito pelo artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, que criminaliza a adquirir, possuir ou armazenar material contendo registros de sexo ou pornografia envolvendo crianças ou adolescentes.

Foto: PC/RO

 

Combate Clean Anúncie no JH Notícias