Search
Close this search box.
Publicidade

Operações Resgate e Liberandum: Combate ao trabalho escravo em Rondônia

Devido à constatação das condições degradantes de trabalho e da condição análoga à de escravo, o responsável pela fazenda foi preso em flagrante.
Publicidade

A equipe de fiscalização, composta pela Polícia Federal, Superintendência Regional do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, Polícia Rodoviária Federal e Assistência Social de Buritis/RO, realizou as Operações Resgate e Liberandum nos dias 23 e 24 de agosto, com o objetivo de identificar e combater o trabalho escravo em Rondônia.

Durante essas operações, foram fiscalizadas propriedades rurais dedicadas à pecuária bovina em Buritis/RO e Ariquemes/RO, bem como uma área de cultivo de soja em Itapuã do Oeste/RO.

Publicidade

Na fiscalização realizada em Buritis/RO, no dia 23 de agosto, foi identificado um trabalhador idoso em condições de extrema vulnerabilidade. Esse homem de 80 anos estava nessa situação há 27 anos e apresentou notas antigas de Cruzeiro à equipe como prova dos pagamentos que recebia.

Devido à constatação das condições degradantes de trabalho e da condição análoga à de escravo, o responsável pela fazenda foi preso em flagrante. Ele foi encaminhado ao Centro de Ressocialização Jonas Ferreti em Buritis/RO e ficou à disposição do Poder Judiciário.

No dia 24 de agosto, a operação aconteceu em Ariquemes/RO, onde a equipe identificou que quatro trabalhadores dormiam na parte de cima da obra em condições degradantes de trabalho. Esses trabalhadores foram resgatados da fazenda e levados ao fórum do município para prestar depoimento.

Em outra fazenda, localizada em Itapuã do Oeste/RO, foram encontrados cinco trabalhadores em condições precárias. Um deles, com apenas 17 anos de idade, foi afastado de suas atividades devido à caracterização de trabalho infantil.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias