Search
Close this search box.
Publicidade

PRF realiza apreensão de quase 85 Kg de cocaína e 93 munições de alto calibre, em RO

Durante a fiscalização, a equipe notou diversas contradições nas respostas dos ocupantes às perguntas básicas.
Publicidade

Na tarde desta terça-feira (5), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia conduziu uma operação de fiscalização de trânsito na BR 364, próximo ao Km 1, no município de Vilhena/RO, resultando na interceptação de um carregamento de cocaína e munições. Os envolvidos, um motorista de 37 anos e um passageiro de 38 anos, estavam a bordo de uma combinação de veículos de carga (CVC).

Durante a abordagem de rotina, os ocupantes foram solicitados a apresentar os documentos exigidos. Durante esse procedimento, o passageiro informou às autoridades que estava revezando a direção, mas detinha apenas uma habilitação de categoria “AB”, o que o impossibilitava de conduzir a CVC.

Publicidade

Durante a fiscalização, a equipe notou diversas contradições nas respostas dos ocupantes às perguntas básicas. Os policiais decidiram realizar uma busca no veículo, e debaixo da cama do motorista, eles encontraram 85 tabletes de substâncias ilícitas, além de várias munições de alto calibre.

Os suspeitos admitiram que transportariam os ilícitos de Ariquemes/RO para Belo Horizonte/MG. Pelo serviço, eles receberiam R$ 1.800,00 por quilo de entorpecentes, totalizando cerca de R$ 150 mil.

No total, a apreensão incluiu: 63,36 Kg de pasta base de cocaína, 20,76 Kg de cloridrato de cocaína e 93 munições calibre 7.62 mm. Os ilícitos foram encaminhados à Polícia Judiciária para as medidas legais cabíveis. Os infratores também foram levados à Autoridade Policial e aguardam as devidas providências judiciais.

A Polícia Rodoviária Federal estima que o prejuízo causado aos criminosos seja de R$ 11.340.000,00.

Embora Rondônia não produza cocaína, o estado faz fronteira com a Bolívia, um dos maiores produtores mundiais dessa droga. Portanto, a região tornou-se um dos principais corredores para o escoamento da produção andina, destinada ao lucrativo mercado europeu. Essa apreensão representa um significativo golpe contra o crime organizado envolvido no tráfico internacional de drogas.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias