Search
Close this search box.

Processo de compra de 100 mil kits rápidos pelo Governo é um dos alvos da PF

O valor total do contrato é de R$ 10.500.000 e ficou acordado entre as partes a entrega do material no prazo de 10 dias, condicionado ao pagamento adiantado de 30%, ou seja, R$ 3.150.000,00 pelo Governo.
Publicidade

Um dos alvos da Operação Dúctil, é o processo para aquisição de 100 mil teste rápidos para Covid-19, revelaram fontes. O Ministério Público já investigava essa compra e chegou a bloquear o pagamento de R$ 3.150.000, pagos de forma adiantada pela Secretaria de Saúde para empresa Buyerbr Serviços. O Estado não recebeu qualquer garantia de que receberia os insumos, mas arriscou.

O valor total do contrato é de R$ 10.500.000 e ficou acordado entre as partes a entrega do material no prazo de 10 dias, condicionado ao pagamento adiantado de 30%, ou seja, R$ 3.150.000,00 pelo Governo.

Publicidade

O objetivo da Operação Dúctil é apurar supostas irregularidades na aquisição, pelo Governo do Estado de Rondônia, de insumos e produtos hospitalares para o enfrentamento do Covid-19.

Anúncie no JH Notícias