Search
Close this search box.

VÍDEO – Idosa é assassinada com diversos tiros no interior de RO

Vítima era conhecida como vovó do tráfico
Publicidade

Luzia Lima dos Santos, de 66 anos, foi brutalmente assassinada a tiros na tarde desta quarta-feira, 19, no Setor 08, em Vilhena. Conhecida como “Vovó do Tráfico”, Luzia morava sozinha e suas atividades ilícitas eram de conhecimento da polícia. A idosa foi morta enquanto estava sentada em uma cadeira na porta de sua casa, com aproximadamente dez perfurações de bala no corpo, incluindo dois tiros no tórax, um na virilha e os demais nas pernas.

De acordo com moradores do bairro, Luzia havia prometido a uma facção criminosa, à qual repassava parte de seus lucros, que abandonaria o tráfico de drogas. Como parte desse compromisso, ela passou a frequentar uma igreja evangélica, sendo vista regularmente assistindo aos cultos.

Publicidade

Informações coletadas pela reportagem revelaram que ex-integrantes de facções criminosas só são poupados ao se converterem a alguma denominação religiosa, tornando-se “soldados de Cristo” em vez de soldados do crime. No entanto, parece que Luzia descumpriu a promessa feita à facção e voltou a vender entorpecentes, o que resultou em ameaças de morte.

Uma fonte informou que Luzia estava realizando atividades criminosas por fora, algo que a facção não perdoa e geralmente pune com rigor. A polícia estava ciente das atividades de Luzia, que ganhou o apelido de “Vovó do Tráfico” devido à sua envolvimento com o tráfico de drogas.

Uma filha de Luzia, residente em Cacoal, foi informada sobre a morte da mãe e está a caminho de Vilhena.

O caso ressalta a violência associada ao tráfico de drogas e as dificuldades enfrentadas por aqueles que tentam abandonar a vida criminosa. A polícia segue investigando o homicídio e buscando mais informações sobre os responsáveis pelo crime.

Anúncie no JH Notícias