Search
Close this search box.

ATACANDO – Jaime Bagatolli vai para cima de ministro do STF

O requerimento foi protocolado nesta quarta (19) no Senado
Publicidade

Na manhã desta quarta-feira (19) foi protocolado no Congresso Nacional um pedido em conjunto, entre senadores e deputados, para o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal – STF, Luís Roberto Barrosso.

O requerimento está na Secretaria-geral da Mesa do Senado Federal e conta com assinatura de 14 senadores e 63 deputados federais, entre eles, o senador de Rondônia, Jaime Bagatolli (PL), além de personagens conhecidos da oposição ao governo Lula (PT), como Flávio Bolsonaro (PL-RJ), Damares Alves (Republicanos-DF) e Hamilton Mourão (Republicanos-RS).

Publicidade

“A postura do ministro Barroso na última semana precisa ter uma resposta na Lei. Por isso, assinei uma representação de impeachment contra o ministro do STF. Ninguém pode estar acima da lei no Brasil”, afirmou Jaime Bagatolli em suas redes sociais.

No documento os parlamentares fazem sete pedidos, listados abaixo:

O recebimento da presente denúncia pela Mesa do Senado Federal, acompanhada dos documentos anexos;

Que a Mesa do Senado Federal determine imediatamente a leitura da denúncia no expediente da sessão seguinte;

Que a Mesa do Senado Federal envie a denúncia à Comissão Especial, eleita para analisar a procedência das denúncias;

Que a Comissão Especial decida pela procedência das acusações;

A intimação do Denunciado, Ministro do Supremo Tribunal LUÍS ROBERTO BARROSO, para se manifestar sobre as acusações;

Que o Senado Federal processe e julgue os crimes de responsabilidade ora imputados ao Denunciado;

A decretação da perda do cargo do Denunciado, com a consequente inabilitação para o exercício de função pública pelo prazo de 8 (oito) anos, nos termos do art. 52, parágrafo único da Constituição Federal.

(Com informações CNN)

Anúncie no JH Notícias