Search
Close this search box.
Publicidade

ATÉ TU CHRISÓSTOMO? – Deputados de RO votam “sim” para posse de Aloízio Mercadante no BNDES

Apenas o deputado Léo Moraes votou não
Publicidade

Durante a noite desta terça-feira (13) a Câmara dos Deputados votou o Projeto de Lei que alterou a lei das estatais e que proporcionou a oportunidade do ex-ministro Aloízio Mercadante (PT) de assumir a nomeação de presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES.

Entre a bancada rondoniense na Câmara, sete dos oito deputados votaram favorável ao PL e somaram aos 314 votos necessários para a aprovação da proposta. Até o mais bolsonarista entre os deputados rondonienses, Coronel Chrisóstomo (PL) votou favorável ao PL, aliás, a bancada do Governo Bolsonaro apoiou a proposta.

Publicidade

Antes dessa aprovação, Aloízio Mercadante não poderia assumir o cargo de presidente do BNDES por conta de um impeditivo legal que apenas permitia a nomeação nesse cargo de pessoas que participaram de uma campanha política em um período superior há 36 meses.

A mudança aprovada na Câmara diminuiu esse prazo de quarentena para apenas 30 dias. Aloízio Mercadante integrou a campanha do presidente eleito Lula (PT) recebendo inclusive um pagamento de R$ 20 mil oriundo do fundão eleitoral para a prestação desse serviço.

Entre os deputados federais da bancada de Rondônia, votaram a favor do Projeto de Lei que beneficiou Mercadante, a deputada Silvia Cristina (PL), Mariana Carvalho (UNIÃO), Coronel Chrisóstomo (PL), Expedito Netto (PSD), Jaqueline Cassol (PP), Lucio Mosquini (MDB) e Mauro Naziff (PSB).

Apenas o deputado Léo Moraes (PODEMOS) votou não ao Projeto de Lei.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias