Notícias de Política

Deputados aprovam projeto de lei que cria o Dia do Capoeirista em Rondônia

Segundo ele, o Poder Legislativo rondoniense cumpre o seu papel de difundir a cultura e história com essa referência à capoeira, já que a data ainda não foi nacionalizada, apesar de existir, nesse sentido, projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional.

Postado em 05/12/2018 às 12h14min


Deputados aprovam projeto de lei que cria o Dia do Capoeirista em Rondônia

Os deputados aprovaram na sessão ordinária de terça-feira (4) o Projeto de Lei n. 1.095/18, que institui a data de 1º de novembro como o Dia do Capoeirista no Estado de Rondônia. A proposta, de autoria do deputado Anderson do Singeperon (Pros), segue para sanção do governador e, caso sancionada, a data passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado.

Na justificativa do projeto, o parlamentar afirmou que a data foi escolhida em razão de novembro ser o mês em que é celebrado a Consciência Negra, tornando assim o Dia do Capoeirista a abertura das comemorações e eventos.

“No Estado temos um grande grupo de capoeira, que agora tem reconhecido essa grande expressão, que faz parte não somente da cultura de Rondônia, mas de todo o Brasil”, declarou o deputado durante a sessão.

Segundo ele, o Poder Legislativo rondoniense cumpre o seu papel de difundir a cultura e história com essa referência à capoeira, já que a data ainda não foi nacionalizada, apesar de existir, nesse sentido, projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional.

“Sua prática representa a junção de diferentes manifestações como a dança, música, dramatização, brincadeira, o jogo e a espiritualidade. Estas características tornam a expressão complexa, apaixonante, surpreendente e rica”, afirmou o deputado.

Anderson argumentou ainda no Projeto de Lei que a capoeira já foi reconhecida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em julho de 2008, como patrimônio cultural imaterial brasileiro e, em novembro de 2014, a Roda de Capoeira foi considerada patrimônio cultural imaterial da Humanidade.

Por JH Notícias