Search
Close this search box.

DESABAFO – “Só Deus sabe o que eu passei com ele”, diz Carla Redano sobre Rafael Fera

A prefeita de Ariquemes falou sobre machismo na politica e ofensas à sua honra e família
Publicidade

Autora da denúncia que culminou na cassação do mandato do vereador Rafael Fera (PODE) pela Câmara de Vereadores de Ariquemes nesta última sexta-feira (22), a prefeita Carla Redano (UNIÃO), se manifestou sobre a decisão do parlamento ariquemense.

De acordo com a prefeita, Rafael Fera vinha seguidamente atacando a sua honra e família em uma intensidade que chegou a levar seu filho a sofrer constrangimento nas ruas, além de se tornar alvo de ataques raivosos proferidos por grupos políticos intolerantes aliados ao vereador cassado.

Publicidade

“Ele vem atacando a minha família há muito tempo e nada acontecia, tentei de outras maneiras, eu não gostaria que tivéssemos chegado a esse ponto, mas nesses dois anos e cinco meses de mandato tem sido pesado, eu tenho sido acusada de crime, de roubar dinheiro público, sem nunca ter apresentado uma prova”, afirmou Carla Redano.

Enquanto era vereador, Rafael Fera acusou Carla Redano de ser integrante de uma organização criminosa responsável por roubar dinheiro dos cofres de Ariquemes, porém, até o seu último dia de mandato, não apresentou qualquer prova que validasse a sua afirmativa tão enfática em relação a prefeita.

“Eu, meu pai, minha mãe, meu filho, tem sido bem pesado, e as vezes as pessoas não conseguem entender esse lado. E recebo muitas mensagens de ataque, coisas que vocês nem imaginam”, enfatizou Carla Redano.

A prefeita de Ariquemes ainda levantou um ponto que segue sendo uma ferida aberta na política, o machismo, onde as mulheres são tratadas com indiferença, desdém e desrespeito por grande parte de seus colegas.

“É muito difícil para uma mulher chegar onde eu cheguei, uma mulher precisa lutar muito para conseguir provar o seu valor, então nesse tempo eu vim aguentando muita coisa, enquanto venho sendo atacada eu tento mostrar serviço, como se nada tivesse acontecendo, mas as vezes fica difícil, e só deus sabe o que eu tenho passado”, relatou Carla Redano.

Por fim, Carla Redano rebateu a justificativa usada por Rafael Fera de que ela havia apresentado essa denúncia na Câmara de Vereadores apenas com a intenção de impedir o trabalho de fiscalização feito pelo vereador.

“O mais importante para um vereador é fiscalizar, isso ajuda o Executivo, porém, quando atacam a sua honra fica muito difícil, em momento nenhum ele pensou em pedir desculpas e continuou insistindo nisso. Eu agradeço os vereadores, porque eles não precisavam entrar nisso, apesar de todas as diferenças, eles se colocaram no meu lugar”, finalizou Carla Redano.

Confira vídeo: 

Anúncie no JH Notícias