Siga nossas redes sociais

Sábado, 22/01/2022

JH Notícias

Sphera Engenharia - Empresa de Construção e Reformas em Porto Velho - Rondônia

Política

Dr. Neidson indica construção de unidade prisional feminina de Guajará-Mirim

WhatsApp
Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022

O deputado Dr. Neidson (PMN) indicou ao Poder Executivo a necessidade de construir uma Unidade Prisional em Guajará-Mirim. Segundo o parlamentar, a unidade atual, não passa por reformas há tempos e encontra-se em péssimas condições em sua estrutura.

“Aquela estrutura física foi criada para atender provisoriamente menores infratores e que, ao mesmo tempo, foi sendo utilizada para detenção de mulheres com o passar dos anos permanecendo somente para o mesmo público, ou seja, o local é inadequado para fins de unidade prisional”, explicou o deputado.

Segundo Dr. Neidson, a construção de uma nova unidade prisional feminina será de suma importância, haja vista que visa minimizar os inúmeros problemas do sistema carcerário feminino em Guajará-Mirim e subsidiar no melhor atendimento e ressocialização das mulheres que ali se encontram.

“Com a nova estrutura, as presas terão um atendimento mais adequado e digno de ressocialização, como o caso requer”, disse o parlamentar.

Delegacia

Dr. Neidson indicou a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), a reforma da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Guajará-Mirim. O deputado apontou a necessidade de construir salas novas e uma saída de emergência, sendo esta, solicitada pelo Corpo de Bombeiros.

“É uma solicitação que visa atender toda comunidade feminina de Guajará-Mirim”, justificou Neidson.

ALE/RO – DECOM – Juliana Martins

Foto: Ronaldo Afonso

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por JH Notícias

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Política

Compartilhe esta notícia: