Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019

Notícias de Política

Em Brasília, deputado Anderson se reúne com senador Marcos Rogério e debate expansão de telefonia móvel para distritos de Rondônia

Postado em 20/09/2019 às 09h20min


Em Brasília, deputado Anderson se reúne com senador Marcos Rogério e debate expansão de telefonia móvel para distritos de Rondônia

Nesta quarta-feira (18), o deputado estadual Anderson Pereira (Pros), esteve no Senado Federal em Brasília – DF, onde se reuniu com o senador Marcos Rogério (DEM-RO), presidente da Comissão de Infraestrutura, para solicitar da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a instalação de torres e redes de telefonia móvel nos distritos e demais regiões do Estado.

A preocupação de levar os serviços as comunidades é uma bandeira que deputado Anderson e o vereador Márcio Pacele (PSB), vem trabalhando há bastante tempo em diferentes regiões, dentre elas: Ponta do Abunã, região que abrange Extrema, Nova Califórnia, União Bandeirantes, Fortaleza do Abunã e outras.

Segundo o parlamentar, o poder público tem que vencer os desafios da distância para prestar os atendimentos necessários à população, além de cumprir com seu papel de forma eficiente perante o povo.

Na reunião, o senador afirmou ao deputado, que entrou em contato com Anatel, mas não obteve resposta satisfatória para esclarecer sobre a demanda solicitada. Marcos Rogério apontou que irá marcar uma reunião na agência, com a presença parlamentar e do vereador para que juntos, cobrarem uma resposta positiva.

“Em todo Estado a população enfrenta sérios problemas no que diz respeito à rede de telefonia móvel, haja vista que muitos distritos não possuem sinal de celular pela ausência de torre, fator difícil de aceitar devido aos avanços da tecnologia”, diz Anderson.

Para o deputado, a solicitação é necessária para sanar os problemas de comunicação das comunidades, além de proporcionar o acesso à informação e fomentar relações humanas, comerciais e sociais, a disposição de rede de telefonia móvel, pois é um serviço essencial para que possam ser feitos contatos emergenciais de saúde e segurança.

Por Assessoria