Search
Close this search box.
Publicidade

Ex-secretário municipal de esquerda é o nome anunciado por senador do PL como candidato a prefeito

Confira as notas do dia, por Cícero Moura.
Publicidade

Montagem/Reprodução

PARTIDO LIBERAL

Publicidade

Dentro daquelas coisas políticas que nem mesmo os filiados mais extremistas do Partido Liberal (PL) conseguem entender, surge uma nova divindade da Direita para disputar a prefeitura de Porto Velho.

PARTIDO LIBERAL 2

O  senador Jaime Bagattoli (PL), anunciou o nome do ex-vereador e ex-secretário de turismo Jaime Gazola como pré-candidato a prefeito de Porto Velho. Gazola foi vereador em 2008 pelo Partido Verde (PV).

Reprodução

MUNICIPAL

Gazola também foi secretário de turismo, em 2010,  na gestão do ex-prefeito Roberto Sobrinho  do Partido dos Trabalhadores (PT). Essa trajetória com viés de Esquerda, foi uma das coisas que chamaram atenção quando do anúncio de Gazola como pré-candidato a prefeito.

LIDERANÇA

O nome de Gazola foi lançado oficialmente pelo senador Jaime Bagattoli, durante entrevista para uma rádio de Ji-Paraná, na Rondônia Rural Show.

Reprodução

BOLSONARO

Sendo bem taxativo na entrevista, Bagattoli disse que Bolsonaro exigiu que o PL de Porto Velho tenha candidato a prefeito e o nome de Gazola foi aceito, inclusive por Valdemar da Costa Neto, presidente nacional do PL.

SEM INTERFERÊNCIA

Jaime disse ainda que o presidente estadual do PL, senador Marcos Rogério, não deverá interferir na escolha.

OPINIÃO

Essa rabugice de Bagattoli é uma das coisas mais temidas por filiados do alto clero do PL em Rondônia. Ele teria cartas na manga para desestabilizar nomes importantes da legenda no estado.

COSTAS LARGAS

Com mandato até 2030, Jaime Bagattoli se senti seguro para impor nomes e condições à executiva local e estadual. Aliás, hoje ele já se consideraria o candidato do PL para disputar o governo em 2026.

RESPOSTA

O  senador Marcos Rogério respondeu em nota que “Não houve decisão dentro do partido em relação eventual candidatura em Porto Velho. Qualquer filiado pode dizer que é pré-candidato. Isso não significa uma decisão do partido. Na hora certa, o PL vai se posicionar. Por hora todas as possibilidades estão na mesa“.

Divulgação/Agência Senado

NEGLIGÊNCIA

De acordo com a PNAD Covid-19, Rondônia apresentou o segundo menor percentual do país de pessoas com cinco anos ou mais que tomaram pelo menos uma dose de vacina contra Covid-19: 85,6% (1,4 milhão de pessoas).

ANO PASSADO

A pesquisa foi feita pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde com o objetivo de complementar as atividades de vigilância contra a doença. Os dados foram coletados no primeiro trimestre de 2023, como suplemento da PNAD Contínua, e foram declaratórios.

TRISTE ESTATÍSTICA

Em todo o Brasil, a taxa de vacinação entre pessoas com pelo menos uma dose foi de 93,9%. Entre as Grandes Regiões, o Norte apresentou a menor taxa de vacinação (88,2%) e o Sudeste a maior (95,9%).

MAIS CONSCIENTES

A PNAD Covid-19 mostrou também que a taxa de vacinação entre as mulheres é maior que entre os homens. Em Rondônia, 87,2% da população feminina com idade igual ou maior que cinco anos tomaram pelo menos uma dose de vacina contra Covid-19, enquanto que entre a população masculina este índice foi de 84%.

Leandro Morais

MAIS CONSCIENTES 2

Considerando a faixa etária, a pesquisa demonstra que quanto maior a idade, maior o percentual de vacinação. Em Rondônia, 57% do grupo etário de cinco a 11 anos tomaram pelo menos uma dose da vacina. Já entre os idosos com 60 anos ou mais, este índice foi de 93,9%.

INFECTADOS

A PNAD Covid-19 questionou ainda se alguém do domicílio com idade igual ou superior a cinco anos teve Covid-19 confirmada por teste ou diagnóstico clínico. Em Rondônia, a pesquisa aponta que 484 mil pessoas tiveram a doença confirmada.

Marcos de Paula

QUASE 30%

Este número correspondeu a 28,5% da população com cinco anos ou mais. Em todo o país, este índice foi de 27,4%. Alagoas apresentou o menor percentual da população que teve Covid-19: 13,7%. Já o Distrito Federal teve a maior proporção: 39,3%.

ARQUEOLOGIA

A exposição Arqueologia e Diversidade: 10 mil anos de História do Rio Madeira, inaugurada no ano passado pelo Departamento de Arqueologia (DARQ) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), segue recebendo pessoas interessadas em conhecer materiais históricos coletados na região.

Divulgação/ASCOM

VISITAS

Os interessados precisam realizar o agendamento prévio da visita por meio do preenchimento do formulário disponível neste link, ou pelo QR-Code abaixo.

Arte: Divulgação/ASCOM

DURAÇÃO

As visitas são sempre realizadas com o acompanhamento de um guia especializado, em horário comercial, e duram até 30 minutos.

HISTÓRIA

A exposição tem como objetivo apresentar, por meio dos artefatos arqueológicos, a história das pessoas que viveram nas margens e ilhas do Rio Madeira há mais de 10 mil anos.

EFMM

Além disso, também são expostas peças associadas à construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (E.F.M.M) e de outros projetos de pesquisa e escavações realizadas no Estado de Rondônia.

SUCESSO

Por meio das suas redes sociais, o governador de Rondônia, Marcos Rocha, informou que a 11ª edição da Rondônia Rural Show Internacional gerou R$ 4,4 bilhões em negócios durante o período da feira.

Divulgação/Secom-RO

MULTIDÃO

Segundo Marcos Rocha, a  Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), informou que pelo menos 276 mil pessoas passaram pelo Centro Tecnológico Vandeci Rack, durante a realização da maior feira do agronegócio da Região Norte.

DINÂMICA

Abordando a temática “Agricultura da Amazônia”, a edição trouxe vitrines tecnológicas, novidades para o melhoramento da produção, além de palestras e troca de conhecimentos.

VISITANTES

Nove comitivas internacionais participaram da Rondônia Rural Show Internacional e novas oportunidades de negócios foram criadas, como o aumento da exportação da carne do Tambaqui.

Daiane Mendonça/Secom-RO

PRÊMIO

O SEBRAE/RO está com inscrições abertas para a 11° Edição do Prêmio Nacional de Jornalismo. Agradeço Clébio Billiany de Mattos – Diretor Superintendente; Roberta Cavalcanti Osório de Barros – Gerente de Comunicação e Cristiane de Cássia Bolonhez Rivero – Analista Técnica e Gestora do Prêmio Sebrae de Jornalismo em Rondônia, pelo café oferecido à imprensa local.

Divulgação/Arquivo Pessoal

CAMPANHA

Atendendo pedido do advogado Luiz Felipe Silva Andrade, divulgo rifa para ajudar os desabrigados no Rio Grande do Sul. Adquira AQUI.

Anúncie no JH Notícias