Search
Close this search box.
Publicidade

GARIMPO ILEGAL – ALE/RO pede prazo antes de polícia incendiar dragas no rio Madeira

A Polícia Federal incendiou 302 balsas apenas no início desse mês
03/09/2023 - PF inutiliza 302 balsas de garimpo ilegal em operação no Amazonas. Foto: Polícia Federal/Divulgação
Publicidade

A Comissão de Meio Ambiente e Direito Sustentável da Assembleia Legislativa de Rondônia – ALE/RO, requereu ao IBAMA e a SEDAM que seja estipulado um prazo de ao menos 60 dias para que um garimpeiro que se encontre ilegal em uma área de extração de minério retire todo o seu equipamento.

Esse requerimento, que conta com a assinatura do deputado Pedro Fernandes (PTB), presidente da comissão, se deu após o parlamento considerar injusto as recentes cenas mostrando os órgãos de fiscalização ambiental incendiando dragas de garimpagem no rio Madeira.

Publicidade
Deputado estadual Pedro Fernandes (PTB)

“Esse requerimento é para garantir que os garimpeiros, proprietários de balsas, possam retirar seus equipamentos sem ter prejuízos, até que consigam os meios legais para exercer a sua atividade, garantindo assim a legalidade de suas operações e evitando penalidades severas que poderiam prejudicar não apenas os garimpeiros, mas também o meio ambiente”, justificou o deputado Pedro Fernandes.

Apenas no início desse mês, uma operação da Polícia Federal incendiou 302 balsas utilizadas pelo garimpo ilegal no rio Madeira.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias