Search
Close this search box.
Publicidade

JAIME BAGATTOLI: Economia, setor produtivo e autonomia dos poderes devem ser prioridades no novo ano legislativo

Parlamentar defende iniciativa dos senadores em pautas prioritários para o país
Publicidade

Nesta segunda-feira (5), o Senado Federal deu início, oficialmente, ao Ano Legislativo de 2024. Uma sessão de abertura dos trabalhos reuniu os senadores no plenário da Casa e deu o tom do que deverá ser discutido e pautado ao longo deste ano.

O senador Jaime Bagattoli (PL), por exemplo, lembrou que a sociedade como um todo espera iniciativa e defesa dos parlamentares em temas como a economia, segurança pública e, principalmente, na defesa do setor produtivo.

Publicidade

“Assim como em 2023, este ano deverá ser pautado pela economia. Quais os rumos e os riscos que o país corre após aprovada a Reforma Tributária? Como ficará a questão da desoneração da folha dos 17 setores da economia e, principalmente, qual será a postura do Executivo e das duas Casas quanto ao apoio ao agro que, no ano passado, provou que continua a ser a mola propulsora do nosso PIB?”, questionou o parlamentar.

Jaime Bagattoli inicia 2024 ainda na vice-presidência da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), do Senado, e integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Integrante do bloco de oposição, o senador deverá manter a sua atuação na defesa do setor produtivo. Ainda assim, o parlamentar falou sobre outros temas que merecem maior atenção em 2024.

“O primeiro ponto é que o Executivo e o Judiciário entendam e respeitem a autonomia parlamentar do Congresso Nacional em algumas pautas, que o direito à liberdade de expressão seja segurado e que as decisões passem a contemplar os mais pobres e os que ganham menos no país. São pontos que eu espero que sejam amadurecidos entre o governo e nós como oposição democrática”, concluiu o senador.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias