Search
Close this search box.
Publicidade

JAIME BAGATTOLI: Exploração de potássio na Amazônia é essencial para garantir a segurança alimentar no Brasil

Conflitos em países exportadores podem prejudicar a agricultura do Brasil
Publicidade

O futuro da produção agrícola no Brasil voltou a ser tema de duas comissões no Senado Federal esta semana, mais especificamente o potencial e os entraves da exploração de potássio no Brasil, uma das bases para a produção de fertilizantes.

Em uma dessas comissões, a CPI das ONGs, o senador Jaime Bagattoli (PL) questionou diretamente a ministra de Estado do Meio Ambiente, Marina Silva, sobre os motivos que impedem a exploração de potássio, sobretudo na Amazônia.

Publicidade

“Hoje nós precisamos importar 90% de todo o potássio utilizado no país, principalmente para a produção de alimentos. Enquanto isso, a Amazônia possui imensas reservas que poderiam abastecer a nossa agricultura pelas próximas décadas. Só que mais uma vez a burocracia ambiental é a responsável por travar o desenvolvimento desse setor e impedir a geração de riqueza na Amazônia”, afirmou o parlamentar.

Outra preocupação levantada pelo senador é o fato de os principais países fornecedores de potássio serem nações que, atualmente, vivenciam conflitos, como a Rússia e a Ucrânia. Para Jaime, a necessidade de importação do potássio pelo Brasil acaba penalizando o consumidor.

“Para quem ainda não sabe, o potássio permite reduzir e muito o custo da produção e, consequentemente, melhora o preço para o consumidor. No entanto, se a gente continuar a importar de fora o que podemos produzir aqui dentro quem vai pagar mais caro é o consumidor final. Sem falar do risco de desabastecimento caso as guerras se intensifiquem. Por isso, precisamos rever isso urgentemente”, acrescentou o senador.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias