Notícias de Política

MP/RO investiga vereadora transexual em Rondônia


Postado em 07/11/2018 às 08h34min

MP/RO investiga vereadora transexual em Rondônia

O promotor de Justiça André Luiz Rocha de Almeida, responsável pela 1ª Titularidade da 1ª Promotoria de Justiça de Pimenta Bueno, instaurou inquérito civil público a fim de investigar a vereadora Jordana Fonseca Ferreira (PSD), retratada nos noticiários rondonienses por ser a única transexual eleita há dois anos em todo o Estado de Rondônia.

“Com a conquista de 553 votos nas urnas, Jordana Fonseca Ferreira (PSD), de 33 anos, foi a única transexual eleita para o cargo de vereadora em Rondônia nas Eleições 2016. Moradora de Pimenta Bueno (RO), a 520 quilômetros de Porto Velho, a candidata participou de um pleito eleitoral pela 1ª vez e foi a 5ª mais votada para a Câmara. Em entrevista, Jordana diz que enfrentou preconceitos antes e durante a campanha. “Um aliado político me chamou de ‘veado’ no início. Quando soube da atitude dele, troquei de partido”, conta, preferindo não identifar o autor da frase”, relatou o G1 à época.

Entretanto, a investigação está ligada às eleições de 2018. Jordana Ferreira concorreu ao cargo de deputada federal, mas alcançou apenas 4.056 votos e acabou ficando de fora.

Embora não especifique os motivos, o procedimento aberto pelo promotor André Luiz Rocha  no último dia 30 de outubro visa “Apurar possível prática de ilícito eleitoral, durante as eleições gerais de 2018, pela então candidata a Deputada Federal Jordana Ferreira, a qual teria utilizado de seu cargo público de Vereadora para promover atos de campanha eleitoral, em desconformidade com a legislação vigente”.

Confira

Por Rondônia Dinâmica



MAIS NOTÍCIAS DE Política