Siga nossas redes sociais

Quinta-feira, 26/05/2022

JH Notícias

Coronavírus - COVID-19 - Governo do Estado de Rondônia

Política

NO COMANDO – Após fiasco em eleição para deputado, Daniel Pereira será governador de Rondônia

Após mais de três anos de uma produtiva parceria, Confúcio e Daniel deverão seguir caminhos opostos na eleição, e justamente nessa época, Daniel terá o governo em suas mãos.

WhatsApp
NO COMANDO – Após fiasco em eleição para deputado, Daniel Pereira será governador de Rondônia

Computando 3.102 votos válidos na última eleição em que disputou com seu nome à frente de uma campanha, isso em 2006 quando foi candidato à deputado estadual, o líder sindical e vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira (PSB) deverá assumir nas próximas semanas a vaga de governador do estado de Rondônia.

A cadeira ficará à disposição de Daniel, tão somente por um recuo na palavra dada pelo governador Confúcio Moura (PMDB) de que caso fosse eleito para o segundo mandato não disputaria o senado em 2018. Porém, com a popularidade em alta, o governador de Rondônia não pensou duas vezes e já vem em ritmo de pré-campanha.

Engana-se quem pensa que Daniel assumirá como governador tampão, ele montará sua equipe e terá seus aliados de primeira hora do PSB à frente dos assuntos de interesse do estado, muitos deles, rostos conhecidos da malfadada gestão Nazif em Porto Velho. Após mais de três anos de uma produtiva parceria, Confúcio e Daniel deverão seguir caminhos opostos na eleição, e justamente nessa época, Daniel terá o governo em suas mãos.

Confúcio deverá seguir apoiando o candidato indicado pelo PMDB ao governo, que poderá ser o atual presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, já Daniel, sairá ao lado de Acir Gurgacz (PDT) em uma aliança que poderá influenciar diretamente nos últimos meses da gestão executiva estadual antes da próxima troca de faixa.

O caminho de Daniel Pereira até a cadeira de maior poder político do estado não foi por acaso, após a derrota na candidatura à deputado estadual em 2006, com votação comparativa à de um vereador, Daniel dedicou-se à luta de sua categoria profissional, chegou a sair do PSB e algum tempo depois retornou, tornando-se um membro forte dentro dentro da legenda.

Nos últimos meses de 2010 Daniel ainda conseguiu sentar-se na cadeira de deputado estadual após a renuncia do então deputado Wilber Coimbra para assumir o cargo de Conselheiro de Tribunal de Contas,  mesmo ficando na terceira suplência, Daniel conseguiu ascender ao cargo.

A posse como deputado, mesmo que por alguns meses, trouxe o respaldo que Daniel precisa para desempenhar suas atividades durante os quatro anos seguintes, que antecederam sua vitória como vice-governador. Atualmente Daniel responde á uma denuncia de irregularidades durante esse pleito, ele e Confúcio chegaram a ter o registro da chapa cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, mas o caso ainda está em recurso.

Fonte: JH Notícias

Banner publicitário da Assembleia Legislativa

Ações do Governo de Rondônia

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Política