Search
Close this search box.
Publicidade

O ensino profissionalizante como ferramenta de inclusão social

Confira as notas do dia, por Cícero Moura.
Publicidade

ESTUDO

De acordo com uma pesquisa do Itaú Educação e Trabalho — “potenciais efeitos macroeconômicos com expansão da oferta pública de ensino médio técnico no Brasil” —, trabalhadores com cursos técnicos e profissionalizantes recebem, em média, um salário 32% maior do que aqueles que possuem apenas o ensino médio.

Publicidade

OPORTUNIDADES

O estudo explica que essas modalidades visam a preparação para o exercício de profissões e também aumentam as chances de ingressar no mercado de trabalho, reduzindo assim a desigualdade de rendimento entre os mais pobres e os mais ricos.

QUALIFICAÇÃO

A pesquisa mostra, também, que triplicar as vagas do ensino médio técnico, por exemplo, traria como consequência um incremento de 2,32% no Produto Interno Bruto (PIB), gerado pela expansão de postos de trabalho e renda dos trabalhadores.

MENOS DE 10%

No Brasil, o diploma de nível médio técnico é obtido por apenas 8% dos estudantes desse nível de escolaridade.

POSSIBILIDADES

Pedro Paixão, CEO da rede de escolas de ensino profissionalizante Ultra Cursos, que tem como alvo o público das classes C, D e E, diz que os cursos profissionalizantes possibilitam novas habilidades e conhecimentos, e podem ser uma excelente forma de entrar no mercado de trabalho, além de ser uma ferramenta poderosa para ajudar as pessoas a melhorar a sua vida e construir um futuro mais promissor.

ESCOLHA CERTA

É importante ter ciência das habilidades que a pessoa tem antes de escolher qual caminho seguir. Anotar as habilidades em um papel e colocar ao lado as opções de cursos ajuda a escolher qual será a alternativa mais interessante para atender às expectativas profissionais.

OPINIÃO

Outro ponto importante é estudar o futuro do mercado de trabalho. Dessa forma, é possível entender as perspectivas da profissão escolhida. Falar com profissionais da área também é um bom caminho para conseguir informações tanto sobre o curso quanto sobre o mercado de trabalho.

ULTRA CURSOS

A rede de franquias Ultra Cursos tem 23 unidades e está presente em oito estados brasileiros e com um polo licenciado no Japão. A rede de conta com quatro modelos de negócios, incluindo um formato home based com investimento inicial a partir de R$14,5 mil.

ESPERANÇA

Representantes do Ministério da Saúde estiveram em Cacoal e deixaram animados integrantes da Associação Assistencial à Saúde São Daniel Comboni. A ASSDACO é uma entidade filantrópica, responsável pelo convênio que possibilita o tratamento oncológico na Macrorregião de Saúde II, bem como a realização de campanhas preventivas contra o câncer.

ESPERANÇA 2

Foi firmado um convênio para 24 meses, garantindo mais de R$24 milhões para a luta contra o câncer no interior do estado de Rondônia. Ao todo, vinte e quatro milhões, quatrocentos e sessenta e três mil, trezentos e setenta e sete reais e sessenta centavos serão direcionados ao tratamento oncológico em Cacoal, sendo que o repasse financeiro será de R$ 24 milhões, atendendo toda a 2ª Macro Região de Saúde no estado.

GESTÃO

Com o novo convênio firmado, a ASSDACO que antes contava com um repasse de R$ 450 mil reais mensais para custear o serviço oncológico em Cacoal, a partir de agora passará a receber  R$1 milhão por mês para garantir o atendimento gratuito a qualquer paciente, por meio do SUS, para tratamento em oncologia e realização de exames de diagnóstico, que até então não eram contemplados no convênio.

OUVIDOR

O advogado Vinicius Lemos é o novo ouvidor geral-adjunto da Ordem dos Advogados de Rondônia. A Ouvidoria da OABRO é uma ferramenta de suporte à advocacia, proporcionando um canal para a expressão de suas necessidades e questões emergenciais, inclusive com a possibilidade de encaminhamento a outras instâncias da Ordem, visando a assistência à advocacia.

IRREGULAR

O Ministério Público de Rondônia ajuizou ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o presidente da Câmara de Vereadores de Nova Brasilândia do Oeste e um escritório de advocacia que presta serviços jurídicos para o Poder Legislativo Municipal.

IRREGULAR 2

Na ação, o MP pede, em caráter liminar, a nulidade do contrato com a banca, firmado em desacordo com o que prevê a lei. A medida foi adotada pelo Promotor de Justiça Ivo Alex Tavares Stocco, após o não atendimento do chefe da Casa à recomendação do MP para a declaração da nulidade do contrato.

MAIS DE R$ 70 MIL

Na ação, o Ministério Público argumenta que a pactuação da Câmara com o escritório, no valor de R$ 73 mil, ocorreu de forma irregular, a começar pelo Termo de Referência elaborado para contratação do serviço, que apresentou como justificativa para a atuação de um escritório terceirizado a extrema necessidade e grande demanda na área jurídica.

INTERNAMENTE

O argumento foi questionado pela própria assessoria jurídica da Casa, que chegou a opinar pela não contratação de uma banca, manifestando-se pela suspensão imediata do feito. À época, os servidores alegaram não haver acúmulo de serviço ou atrasos que exigissem a atuação externa de outro profissional.

PREJUIZO

Para o MP, a contratação, realizada de modo irregular, constituiu ato de improbidade administrativa, que causou lesão ao erário e que atentou aos princípios da administração pública.

CONDENAÇÃO

Diante disso, o MP requereu, junto ao Poder Judiciário, o reconhecimento do ato de improbidade praticado pelos réus, com a condenação dos requeridos. Entre as penas estão perda da função pública e a suspensão de direitos políticos-, além do ressarcimento integral do dano patrimonial – valores já pagos pela Câmara.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

A Santo Antônio Energia realizou, em agosto, mais uma edição da Campanha Amigos do Rio. O trabalho de Educação Ambiental do Programa de Conservação da Fauna no entorno do reservatório da Hidrelétrica já levou, desde 2015, ações de conscientização ambiental para mais de 7.750 pessoas no distrito de Jaci-Paraná e nos sete Reassentamentos construídos pela empresa.

TARTARUGAS

Este ano, a campanha alcançou 1.380 pessoas com o tema “Preservação dos “Quelônios:  Tartaruga-da-Amazônia e Tracajá” e envolveu a realização de visitas à moradores dos reassentamentos e palestras com atividades lúdicas para alunos de escolas da Rede de Ensino Fundamental de Porto Velho, de 5 a 14 anos.

EDUCAÇÃO

A diretora da Escola Municipal Flor do Cupuaçu, localizada no Reassentamento Santa Rita, destacou que a ação possibilitou à professores e alunos ampliarem os conhecimentos sobre as espécies, tão comuns na região, e a importância de preservá-las.

NOVIDADE

Pela primeira vez, a campanha também envolveu os integrantes da empresa em uma capacitação de multiplicadores ambientais. Foram realizadas palestras sobre o tema na Hidrelétrica, em Porto Velho. Ao final, os Integrantes receberam o certificado de participação da Academia Santo Antônio.

MONITORAMENTO

O Projeto de Monitoramento de Quelônios da Hidrelétrica Santo Antônio, realizado desde 2009 em toda a área do reservatório da Hidrelétrica, tem o objetivo de contribuir para a conservação das espécies de quelônios que ocorrem na região.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias