Search
Close this search box.
Publicidade

Promovendo a igualdade: Deputado Edevaldo Neves propõe a inclusão da Libras na grade curricular de Rondônia

O objetivo é a implementação da Língua Brasileira de Sinais (Libras) na grade curricular das escolas públicas do estado de Rondônia.
Publicidade

O deputado estadual Edevaldo Neves (Patriota), tomou uma iniciativa importante ao encaminhar um requerimento ao Poder Executivo, com cópia à Secretaria do Estado de Educação. O objetivo desse requerimento é solicitar informações e providências relacionadas à implementação da Língua Brasileira de Sinais (Libras) na grade curricular das escolas públicas do estado de Rondônia.

A Língua Brasileira de Sinais é reconhecida como meio de comunicação e expressão das pessoas surdas no Brasil, sendo uma ferramenta fundamental para a inclusão e igualdade de direitos. Garantir que a Libras seja ensinada nas escolas públicas é um passo significativo para a promoção da inclusão educacional e social de estudantes surdos.

Publicidade

Ao apresentar esse requerimento, o deputado Edevaldo Neves demonstra sensibilidade e comprometimento com a causa da inclusão, reconhecendo a importância de proporcionar condições adequadas de aprendizado para todos os estudantes, independentemente de suas habilidades comunicativas.

Espera-se que, por meio desse requerimento, sejam obtidas informações claras sobre o estágio atual da implementação da Libras nas escolas públicas de Rondônia, bem como as medidas que estão sendo adotadas para garantir a presença da disciplina na grade curricular. Além disso, espera-se que sejam propostas providências concretas para avançar nesse sentido, considerando a formação de professores, a disponibilização de materiais didáticos adequados e a criação de ambientes inclusivos nas instituições de ensino.

A inclusão da Libras na grade curricular das escolas públicas de Rondônia contribuirá para a formação de uma sociedade mais inclusiva, na qual os surdos tenham acesso pleno à educação e sejam respeitados em sua diversidade linguística. Essa medida é um passo importante para promover a igualdade de oportunidades e valorizar a cultura surda, garantindo que todos os estudantes tenham acesso a uma educação de qualidade, livre de barreiras comunicativas.

Esperamos que o Poder Executivo e a Seduc analisem o requerimento com a devida atenção e adotem as providências necessárias para efetivar a implementação da Libras na grade curricular das escolas públicas. Dessa forma, estaremos construindo uma sociedade mais inclusiva e justa, onde a diversidade linguística e a igualdade de direitos sejam plenamente respeitadas.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias