Samuel Costa propõe auxílio aluguel para vítimas de violência doméstica em Porto Velho

Samuel Costa destaca que a proteção da vida vem em primeiro lugar, depois a integridade física da mulher e da sua família

Política - quinta-feira, 08/10/2020 às 16h19min
Samuel Costa propõe auxílio aluguel para vítimas de violência doméstica  em Porto Velho
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

O Candidato ao Executivo Municipal de Porto Velho (RO) pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B), Samuel Costa 65, preocupado com a mulher portovelhense que sofre agressões sejam elas, físicas, psicológica ou sexual, propõe à Capital Porto Velho amparar as vítimas de violência doméstica com o aluguel social.

A lei Maria da Penha n° 11. 350, sancionada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 7 de agosto de 2006, que entrou em vigor no dia 22 de setembro de 2006, Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para Prevenir, e Punir a Violência contra a Mulher.

O Aluguel Social Maria da Penha irá disponibilizar por até 12 meses um auxílio de R$ 600 para as mulheres vítimas de violência doméstica que estão em medida protetiva e que possuem renda de até dois salários mínimos. Para o jovem candidato à prefeito de Porto Velho, Samuel Costa 65, este projeto é de suma importância, pois à violência contra as mulheres portovelhenses só cresce nos últimos anos.

 

Por Assessoria


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email