Search
Close this search box.
Publicidade

Vereador Romerito Pereira vai buscar junto prefeita Raissa Paes retorno da gratificação de 20% que foi retirado dos servidores

No dia 21 de janeiro a prefeita Raissa da Silva Paes assinou um decreto reduzindo o salário dos servidores e consequentemente levantou uma indignação com risco de greve a qualquer momento.
Publicidade

Preocupado com a atual situação que se encontra os servidores integrantes do cargo ocupacional, técnico em nível médio e serviços auxiliares que tiveram o pagamento de 20% das gratificações suspenso, fez com que o policial penal e vereador Romerito Pereira (Republicanos) entrasse na discussão para manter os salários dos servidores que estão sofrendo com falta de reajuste e podem ser prejudicados nesse período de pandemia do novo Coronavírus.

No meio desse corte de salário estão os profissionais enfermeiros, técnicos de enfermagens e outros integrantes da área da saúde, que estão na linha de frente da covid-19. Romerito não acha justo retirar direitos de servidores que sofre com um salário defasado e sem perspectiva de melhorias.

Publicidade

No dia 21 de janeiro a prefeita Raissa da Silva Paes assinou um decreto reduzindo o salário dos servidores e consequentemente levantou uma indignação com risco de greve a qualquer momento. Para tentar reverter essa decisão, Romerito Pereira tem uma agenda marcada com a prefeita na próxima sexta-feira (5), junto com o sindicato que representa a categoria para de maneira inteligente possa se chegar a uma decisão que favoreça os servidores, tornando sem efeito o decreto.

“Nesse momento de pandemia, não podemos de maneira alguma prejudicar nossos servidores, estamos passando por um por uma situação delicada e a última coisa que queremos é prejudicar qualquer classe de trabalhadores, por este motivo buscaremos um dialogo republicano para tentar reverter essa situação. Espero que a prefeita se sensibilize e desfaça essa injustiça”, finalizou Romerito Pereira.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias