Search
Close this search box.
Publicidade

Batalhão de Fronteira completa quatro anos de instalação e de combate a crimes fronteiriços

O Batalhão conta com policiais treinados e preparados que atuam diretamente na fronteira

O Batalhão de Polícia de Fronteira e Divisas (BPFron), completa 4 anos de instalação em Rondônia, desempenhando atuação direta no combate aos crimes fronteiriços e o fortalecimento das  medidas preventivas e repressivas nas fronteiras do Estado. O Governo de Rondônia reforça que as atividades do Batalhão fazem parte de um conjunto de ações articuladas para tornar o Estado cada vez mais seguro.

Publicidade

São 1.342 quilômetros de fronteira molhada em todo Estado de Rondônia, e desde sua criação, as apreensões realizadas pelo BPFron ultrapassam a marca de noventa e dois milhões de reais, decorrentes do combate ao tráfico de drogas, roubo de veículos, contrabando e descaminho.

O Batalhão conta com policiais treinados e preparados que atuam diretamente na fronteira, além disso, em julho de 2023, o Governo de Rondônia inaugurou a primeira Base Operacional de Fronteira, em Nova Mamoré, e mais outras duas bases serão instaladas em 2024 no Estado.

Publicidade

O governador do Estado, Marcos Rocha, destaca o comprometimento e determinação de cada policial que atua no BPFron, “O Batalhão de Fronteira desempenha um papel crucial na proteção da sociedade, atuando firme contra uma variedade de ameaças, como contrabando e tráfico de drogas. Reconhecemos a importância dessa missão e agradecemos  pelo serviço e dedicação do Batalhão de Polícia de Fronteira, desejando sucesso contínuo nas ações, consideradas vitais para a segurança pública”, afirmou.

BPFron completa quatro anos de instalação no Estado

O titular da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Felipe Vital, destacou a importância do BPFron para a sociedade “Ao impedir que drogas e armas ultrapassem as fronteiras, o Batalhão contribui para a segurança e redução dos índices de criminalidade em todo o Brasil. Controlar essas atividades ilícitas é crucial para manter a ordem e proteger não só a sociedade rondoniense, mas todo país”, pontuou.

ATUAÇÕES

Somente nos 10 primeiros meses de 2023, foram 879 atendimentos realizados; 28 armas apreendidas; 32 veículos recuperados; 636 abordagens; 111 prisões, das quais, 15 por tráfico de drogas, com apreensão de mais de 250 quilos de entorpecentes; além de 26 foragidos recapturados.

Os dados apresentados revelam a produtividade do BPFron, que atua em uma fronteira divisória com a Bolívia, e também é o resultado do apoio do Governo do Estado, fortalecendo o combate ao crime.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias