Search
Close this search box.

Bebê com menos de 2 anos cai em poço de quase 10 metros e passa por cirurgia

A família pede a ajuda para manter a alimentação e as despesas durante a internação do pequeno acidentado, que continua lutando pela vida.
Publicidade

Após um morador de Chupinguaia divulgar, no WhatsApp, um pedido de ajuda feito pela família de um bebê internado no Hospital Regional de Cacoal, o jornal buscou mais informações sobre o caso e entrevistou a mãe do menino.

Moradora de São Miguel do Guaporé, a mulher deu detalhes sobre o acidente envolvendo o filho caçula, que tem 1 ano e 9 meses. Segundo a entrevistada, no último domingo, dia 20, o garotinho estava brincando, quando a tábua que cobria um poço na casa da vizinha quebrou e ele despencou de uma altura de quase 10 metros.

Publicidade

O irmão mais velho, que tem 03 anos, correu e avisou a mãe que Vítor Lucas havia caído no buraco. O pai da criança desceu e viu que o bebê estava na água e nem se mexia mais.

Após ser resgatado com vida, o menino foi levado para o HR de Cacoal, onde precisou ser submetido a cirurgia cardíaca por ter bebido muita água após a queda.

A mãe contou que o marido, que trabalhava em uma serraria, está acompanhando Vitor no hospital e ela está no 6º mês de gravidez. A família pede a ajuda para manter a alimentação e as despesas durante a internação do pequeno acidentado, que continua lutando pela vida.

Veja na imagem secundária como ajudar a família; CLIQUE ABAIXO e assista vídeo enviado pelo morador de Chupinguaia que é tio do bebê.

Anúncie no JH Notícias