Search
Close this search box.

CANCELADO – CBMRO suspende processo seletivo após denúncia de inexistência de cotas

A suspensão do edital e a consequente revisão para incluir as cotas representam um passo importante na promoção da igualdade de oportunidades no mercado de trabalhO
Publicidade

O Corpo de Bombeiros de Rondônia anunciou a suspensão de seu processo seletivo para contratação temporária de profissionais após uma denúncia feita pelo Grupo de Pesquisa e Intervenção em Direitos Humanos Mapinguari da Universidade Federal de Rondônia (Unir). A denúncia apontou a ausência de cotas no edital, evidenciando a exclusão de pessoas negras e pessoas com deficiência (PCDs).

O edital inicial previa a contratação de quatro profissionais, sendo dois analistas em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e dois arquitetos, além de um cadastro reserva com 12 vagas para cada função. No entanto, não havia a previsão de vagas reservadas para pessoas negras e PCDs, o que gerou a denúncia por parte do Grupo Mapinguari.

Publicidade

De acordo com o grupo de pesquisa, a falta de cotas no processo seletivo contribui para a perpetuação das desigualdades e exclusão social. A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público de Rondônia, que instaurou um procedimento para apurar o caso.

Após a investigação, o Ministério Público decidiu arquivar o procedimento ao constatar que o Corpo de Bombeiros havia suspendido o edital para realizar as adequações necessárias e incluir a reserva de vagas para cotas, conforme exige a legislação.

Em comunicado, o Corpo de Bombeiros informou que todos os candidatos inscritos serão mantidos informados sobre as próximas etapas do processo seletivo, incluindo a nova data de publicação do edital revisado, já com as adequações necessárias para garantir a inclusão de cotas.

A suspensão do edital e a consequente revisão para incluir as cotas representam um passo importante na promoção da igualdade de oportunidades no mercado de trabalho. A ação do Grupo Mapinguari destaca a importância da vigilância e intervenção em defesa dos direitos humanos, assegurando que processos seletivos sejam justos e inclusivos.

Anúncie no JH Notícias