Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Porto Velho convida entidades para o Fórum

Encontro discutirá defesa dos direitos da mulher no âmbito do município de Porto Velho
Publicidade

Conselho discutirá políticas de direitos da mulher no municípioO Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM) convida as entidades da sociedade civil não governamentais selecionadas para compor o conselho para participarem do Fórum de Mulheres em cumprimento aos editais.

O Fórum de Mulheres será realizado no Salão Nobre do Prédio do Relógio na próxima quarta-feira (24), localizado na avenida Sete de Setembro, esquina com Farquar, das 15 às 18 horas.

Publicidade

A Comissão Eleitoral selecionou seis entidades da sociedade civil organizada para representação no CMDDM durante o biênio 2022-2024. O processo seguiu os trâmites previstos no edital de convocação, publicado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf).

Os resultados com os nomes das instituições aptas a participarem do procedimento eleitoral foram divulgados no dia 11 de agosto. A lista pública das entidades selecionadas foi afixada na porta da sede do Conselho, bem como encaminhada, na mesma data, diretamente ao e-mail das instituições participantes do processo e informadas via ofício.

O Fórum de Mulheres contará com as palestras: “Empoderamento Feminino” que será proferida pela Roberta Stochi, superintendente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e representante da entidade no Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM), além de Benedita Nascimento que ministrará a palestra “A Mulher e a Função na Sociedade Civil”. Benedita Nascimento é representante do Fórum Popular de Mulheres em Porto Velho.

“O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (CMDDM) é um aliado em defesa das mulheres, um colegiado de mulheres em defesa das mulheres do município de Porto Velho. Importante a participação neste colegiado das entidades da sociedade civil organizada que tenham esse mesmo objetivo”, observou Izabel Cristina da Silva, presidente do CMDD

Anúncie no JH Notícias