Denúncias, jogo sujo e irregularidades colocam em dúvida eleição no SINTETUPERON

Ações duvidosas foram tomadas durante composições de Comissões Eleitoral.

Rondônia - quarta-feira, 11/03/2020 às 16h59min • Atualizado 18h01min
Denúncias, jogo sujo e irregularidades colocam em dúvida eleição no SINTETUPERON
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Denúncias envolvendo supostas irregularidades na condução do processo eleitoral estão colocando em cheque e eleição para a próxima diretoria do Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Urbano (SINTETUPERON). Ações duvidosas foram tomadas durante composições de Comissões Eleitoral.

Segundo a denúncia recebida pela reportagem, a escolha da comissão aconteceu sem a devida publicidade e foi realizada em assembleia, que contou com apenas nove pessoas, sendo que algumas delas, pertencentes à Chapa 1, que é formada por membros da atual direção.

Uma cláusula do estatuto que rege as normas de eleição do sindicato, pede que o processo se dê 30 dias antes do término do mandato que finda dia 05 de abril de 2020, porém a eleição acontecerá dia 13 de março, período de prazo inferior ao previsto.

CASO DE POLÍCIA

O prazo para inscrição das chapas terminou no dia 27 de fevereiro de 2020 e deveriam ser publicadas no dia seguinte, porém, no dia 02 março, membros da Chapa 2, que representa busca por renovação da diretória, cobraram a ata de fechamento das chapas inscritas, mas o presidente da Comissão Eleitoral evadiu-se do local, sendo necessário o registro de Boletim e Ocorrência Policial relatando o fato.

Até o momento não foi apresentada listagem completa dos trabalhadores aptos a votar, pois não foi entregue a lista de aposentados e afastados e sim entregue uma listagem de 42 pessoas, que são trabalhadores não filiados de uma empresa que se encontra inativa, a Viação Cidade Nova, que encerrou suas atividades em dezembro de 2019, sendo que o estatuto da entidade, consigna que para ter direito de voto precisa ter contribuído nos últimos 02 meses.

Foi realizada denúncia junto ao Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, requerendo providências quanto as supostas irregularidades do processo eleitoral, além de solicitado à Comissão Eleitoral, a impugnação da Chapa 01 por vários motivos, entre eles, depredação do patrimônio da Entidade Sindical, concessão de Empréstimos sem aprovação em Assembleia da Categoria, existindo na Prestação de Contas pagamento do empréstimo e não existindo entrada do empréstimo, não lançamento na prestação de Contas do dinheiro doado pela empresa para a realização da festa do dia do motorista, no valor de R$ 15.000,00.

JOGO SUJO

Outro caso a apurar, é relacionado e ex-filiados que encontram-se desempregados, que estão sendo assediados a votarem com ilusão, que vão ser contratados no processo de transição do serviço a nova empresa, caso a Chapa 1 seja a vencedora.

Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Vale ressaltar que o sindicato encontra-se com as suas dependências fechadas, o que dificulta o acesso dos integrantes da Chapa 02, bem como as documentações do processo eleitoral.

O caso segue sob as responsabilidades das autoridades publicas competentes.

Por JH Notícias


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email