EFMM – Peças históricas estão abandonadas

Rondônia - quarta-feira, 04/12/2019 às 09h46min • Atualizado 14/02/2020 às 14h31min
EFMM – Peças históricas estão abandonadas

Numa inspeção de rotina sobre o andamento da reforma do complexo ferroviário da Estrada de Ferro Madeira – Mamoré – EFMM, o vereador Aleks Palitot, juntamente com o Presidente da Associação dos Ferroviários, representado pelo senhor José Bispo, encontrou algumas peças desassistidas pelas entidades responsáveis.

Segundo o legislador, após solicitar à Fundação de Cultura do Município de Porto Velho – Funcultural, uma visitação no Parque Ferroviário ele foi recepcionado por uma equipe da responsável, e inicialmente, averiguou que os tratos do projeto inicial de revitalização estavam sendo feitos conforme o acordo, entretanto, ao verificar as condições a construção do muro de contenção da Estrada de Ferro Madeira – Mamoré – EFMM, que está sendo construída pela Santo Antônio Energia, percebeu que há peças oriundas do Museu da EFMM, abandonadas. Entre diversas peças que foram identificadas uma cegonha, um velocípede, um troller, dois cofres, várias bombas de locomotivas, antigos carrinhos de bagagem da estação Ferroviária, que não existem mais; cilindros, entre outros.

Preocupação

Aleks, ainda ressaltou que todos e estes equipamentos foram colocados em uma lona próximo ao muro de contenção que fica na separação do complexo ferroviário do bairro Triângulo e o Porto do Cai N’água. No momento da verificação, fora feito denúncia que usuários entorpecentes costumam furtar peças durante a madrugada.

Tratativas

O vereador informou que diante das situações, acionou o Ministério Público Federal – MPF, em nome da Procuradora da República, Gisele Blegui; Promotoria do Ministério Público Estadual relacionado à assuntos de Urbanismo e Patrimônio, Promotor de Justiça, Jesualdo de Farias; além de informar os fatos para a Prefeitura através da Funcultural, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN; e uma denúncia para a Câmara de Vereadores.

Por JH Notícias


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email