Search
Close this search box.
Publicidade

Estudantes que atingiram mais de 900 pontos na redação do Enem destacam plataformas do Governo de Rondônia

As experiências com as plataformas Revisa+ e Revisa+ Enem do Governo de Rondônia contribuíram efetivamente para os resultados alcançados
Publicidade

Os resultados das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 foram divulgados na terça-feira (17), e diversos estudantes da Rede Estadual de Ensino de Rondônia atingiram mais de 900 pontos na redação, com destaque às ações do Governo do Estado que visam auxiliar os alunos, a exemplo das plataformas Revisa+ e Revisa+ Enem, que reforçam o aprendizado, desenvolvendo tanto o desempenho em atividades quanto o rendimento.

As estudantes Victória Tawany e Mariana Tosta, ambas de escolas da rede pública do Estado atingiram 980 pontos na redação. De acordo com as estudantes, para conseguir a nota máxima é preciso dedicação e estudo. Elas destacaram que as experiências com os programas das plataformas, oferecidas pelo Governo do Estado, contribuíram efetivamente para o resultado alcançado.

Publicidade

PERSISTÊNCIA

Aluna que cursou o ensino médio na Escola Costa Junior, no município de Governador Jorge Teixeira, Victória Tawany, 18 anos, destacou que o ponto fundamental para alcançar uma excelente pontuação na redação foi insistir. Sobre o tema da redação, Victória destacou que considerou fácil. “Fiz as redações das plataformas, mesmo quando os resultados que estava obtendo não me agradavam, e achei muito importante o Enem ter abordado esse tema “invisível” para a sociedade. Consegui desenvolver com facilidade a redação”, contou. A estudante ainda não decidiu qual área pretende ingressar no ensino superior. A dica que dá para os estudantes que querem um bom resultado nos vestibulares é a persistência. “Encontrem uma forma que mais se encaixa para o seu melhor desenvolvimento nas redações, persistência nos objetivos”, opinou.

MAJOR GUAPINDAIA 

A estudante de Porto Velho Mariana Tosta, da Escola Estadual de Ensino Médio Major Guapindaia, também de 18 anos, contou que desde o início do ensino médio buscou focar na redação. “Quando cheguei ao terceiro ano fiquei mais tranquila porque já vinha numa rotina de estudos, e na reta final me aprofundei nos temas” pontuou .

INCENTIVO 

Mariana enfatizou o incentivo dado pelo Governo do Estado. “O ponto fundamental da minha preparação, com certeza, se encontra na correção e reescrita das redações, era com esse método que eu podia ter uma ampla visão sobre quais competências eu estava acertando mais, onde estava deixando a desejar, e como poderia melhorar. A professora de redação nos orientou na plataforma. Na plataforma tem o “Agora vai Enem”, que é muito detalhado, e contribuiu demais para meus treinos na escrita”, explicou.

A dica de Mariana para alcançar uma atuação satisfatória na redação é que o aluno tem que começar a ter foco já no primeiro ano do ensino médio. “A preparação não começa no terceirão. Temos que nos preparar desde o primeiro ano. Na redação é necessário ter conhecimento dos assuntos e praticar a escrita. Creio que com essa nota eu consiga uma bolsa de estudo. Espero cursar Medicina, mas se não for possível pretendo me graduar em outra área da Saúde”, disse.

THEOBROMA 

Sensação experimentada também pela estudante Maria Luana, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Primavera, localizada no município de Theobrama. A jovem alcançou 960 pontos e pretende cursar Administração, sempre gostou de ler e esse foi o diferencial para alcançar uma nota alta na redação. Estava estudando desde o início de 2022, e além do ensino na Escola Maria Luana, contou com auxilio de cursinhos online, com professores especializados em disciplinas específicas do Enem.

A dica dada pela jovem é, “ler e não desistir jamais do que se quer. Com determinação e disciplina todos somos capazes. No momento em que vi a nota fiquei emocionada. Estava tremendo pois tinha bastante expectativa quanto à redação. Realizei muitos simulados, e na redação, que foi onde mais me destaquei, estudei até conseguir compreender e desenvolver a minha própria forma de escrever. Nesse quesito a plataforma do Revisa Enem ajudou muito, pois não encontramos outras plataformas de correção de redação gratuitamente”, ressaltou Maria Luana.

DESTAQUES 

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, dentre as diversas ações que contribuíram efetivamente para o resultado atingido pelos estudantes destaque para as plataformas Revisa+ e Revisa + ENEM. “As produções de redação da plataforma e as orientações dos corretores oportunizaram os alunos à reescrita, corrigindo os pontos a melhorar, enfim, foram várias estratégias que vêm dando certo e que são fortalecidas com o emprenho e dedicação dos nossos professores, que buscam orientar os alunos na preparação e, consequentemente a alcançarem um melhor desempenho no Enem”, enfatizou.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) de Jaru, responsável por mais sete escolas localizadas na região, destacou outras excelentes notas obtidas na redação do Enem pelos estudantes. Alunos da Mediação Tecnológica da Escola Estadual Manoel da Costa, no distrito de Colinas, Juliana Brasil e Camila Gonçalves, que obtiveram 900 pontos na redação, Tainá Oliveira 920. Na Escola de Ensino Fundamental e Médio Costa Junior, além da aluna Victória Tawany, que alcançou 980 pontos, as estudantes Sara Raquel e Mislaini Monique atingiram 920 pontos; Stéfani Jaiany e Monieli Nunes 900 pontos. Na Escola Estadual de Ensino Médio Integral Silvio de Farias, Julia Nicoletti atingiu 960 pontos. Na escola Plácido de Castro as estudantes, Stéfani Duarte e Anita Akaki obtiveram 920 pontos.

A coordenadora da CRE de Jaru, Vanusa Cordeiro enfatizou que, as excelentes pontuações foram resultado de um trabalho contínuo, com aulões, plataforma de estudo, entre outras ferramentas didáticas ofertadas pelo Governo do Estado. “Sobretudo as reformas nas escolas, ampliações e construções, mobílias, materiais didático, treinamento dos professores e tecnologia disponibilizadas durante todo o ano letivo pela gestão; e claro, a dedicação e persistência dos estudantes, certamente foram a base para alcançar bons resultados. Estamos todos muito orgulhosos. Vamos em frente em busca dos melhores resultados para a educação”, disse.

REFLEXO

A professora de português da Escola Primavera, Iranilda Eler destacou que, sempre incentiva os alunos a estudarem para as provas do Enem, mantendo o foco na redação. “É preciso saber estruturar as ideias em texto, praticar a leitura e a escrita, o que ajuda no vocabulário e no senso crítico. Estou muito feliz pelo excelente resultado da Maria Luana, como também dos outros estudantes que obtiveram notas muito satisfatórias na redação. Acredito que essa excelência é o reflexo de um trabalho em conjunto. A sensação é de dever cumprido”, afirmou.

A secretária de Estado da Educação, Ana Lúcia Pacini, enfatizou os investimentos realizados pelo Governo de Rondônia. “Os avanços na aprendizagem dos alunos são impulsionados com o suporte que o Governo proporciona através de investimentos e projetos direcionado à Educação. Há uma dedicação especial das professoras de Linguagens, que trabalham as competências avaliadas na redação desde o 9° ano do Ensino Fundamental até o 3° ano do Ensino Médio”, explicou.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias