Search
Close this search box.
Publicidade

Final feliz surpreende família rondoniene após jovem deixar carta dramática e desaparecer

A volta para casa trouxe consigo um misto de emoções.
Publicidade

Um desfecho surpreendente e repleto de coincidências marcou a saga de Maria Izabel Lima de Oliveira, uma comerciária de 47 anos, moradora de Cerejeiras. A história envolvia seu filho, Rafael Oliveira Sefstroen, um estudante de 18 anos do IFRO em Vilhena, que havia deixado uma carta com uma mensagem suicida, causando grande preocupação na família e na comunidade.

  • Saiba mais informações:

Aluno do IFRO desaparece e deixa carta para família: “meu último dia de vida”

Publicidade

Conforme relatado pelo jornal, Rafael havia deixado a cidade e embarcado em um ônibus com destino a Cuiabá, buscando um novo caminho. Enquanto Maria Izabel estava a caminho de Cuiabá para tentar resgatar o filho, uma série de eventos inesperados desencadeou o desfecho positivo da história.

Durante sua viagem, a mãe fez uma parada para jantar em Comodoro (MT) e recebeu uma notícia que mudaria tudo: seu filho estava voltando para Vilhena em companhia de uma prima. A surpresa e o alívio vieram juntos ao descobrir que o estudante não havia seguido viagem até Goiânia como planejado.

Por coincidência, Rafael optou por não embarcar no ônibus que o levaria para Goiânia devido a um atraso. Sua prima, que havia perdido o ônibus que inicialmente pegaria, embarcou no mesmo veículo onde ele estava. A identificação do jovem foi feita por meio de postagens nas redes sociais e das reportagens do site, o que permitiu à prima reconhecê-lo e entrar em contato com a família.

A troca de informações levou a tia de Rafael, que por coincidência estava em contato com a prima, a reconhecer o sobrinho. Finalmente, Maria Izabel recebeu a notícia de que seu filho estava a caminho, e eles se encontraram em Comodoro, onde Rafael se surpreendeu ao vê-la.

A volta para casa trouxe consigo um misto de emoções. A mãe, apesar de compreensivelmente preocupada com seu filho após o ocorrido, expressou sua gratidão pelo desfecho positivo: “Minha gratidão primeiro a Deus, que protegeu meu filho; depois às pessoas que oraram e nos ajudaram a divulgar; e a vocês do site, cujas publicações ajudaram as pessoas a reconhecerem o Rafael”, compartilha Maria Izabel emocionada.

Essa história de reviravoltas inesperadas e coincidências surpreendentes serve como um lembrete de que a vida muitas vezes nos reserva surpresas e finais felizes, mesmo nos momentos mais difíceis.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias