Terca-Feira, 19 de Novembro de 2019

Notícias de Rondônia

HABITAÇÃO – Mais de dois mil imóveis serão entregues pelos governos federal e de Rondônia a partir de sexta

Postado em 17/10/2019 às 08h11min


HABITAÇÃO – Mais de dois mil imóveis serão entregues pelos governos federal e de Rondônia a partir de sexta

Em solenidade marcada para as 9h30 desta sexta-feira (18), no Residencial Morar Melhor, em Porto Velho, os Governos Federal e do Estado de Rondônia farão a entrega das 816 unidades habitacionais que ainda restam, de um total de 2.512 construídas no bairro Aeroclube, na Zona Sul. O evento, coordenado pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), contará com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, que definiu a data em comum acordo com o governador Coronel Marcos Rocha e a secretária e primeira-dama Luana Rocha.

Na segunda-feira (21), das 14h às 17h; e na terça-feira (22), das 8h às 12h e das 14h às 18h, será feita a enrega das 496 unidades dos Lotes I 240, II 288 e III 288, que fazem parte da última etapa do Orgulho do Madeira. Já os 975 imóveis da segunda etapa do Empreendimento Cristal da Calama serão entregues da segunda-feira (21) até a quinta-feira (24) em horários estabelecidos por ordem alfabética, das 8h às 10h30 e das 13h30 às 16h30, conforme lista a ser divulgada pela Seas.

Para evitar tumulto, a mudança para os apartamentos do Orgulho do Madeira e Morar Melhor só deverá acontecer no período de 28 a 31 deste mês, seguindo plano de ação que será entregue aos beneficiários no ato de entrega das chaves. Por se tratar de casas, a mudança para o Cristal da Calama poderá ser feita logo após o recebimento da chave.

Com quatro mil unidades, entre apartamentos (3.744) e casas (256), o Orgulho do Madeira é o maior condomínio residencial do estado, construído em uma área de 37 hectares, na Zona Leste da capital, com capacidade para abrigar cerca de 16 mil pessoas. Construído também na Zona Leste, o Cristal da Calama é composto por 2.941 casas, divididas em quadras, todas com infraestrutura urbana.

Todos os imóveis contam com dois quartos, sala, cozinha e banheiro, inclusive aquecedor solar. A infraestrutura inclui também estação de tratamento de água, rede de esgoto, iluminação pública, ruas pavimentadas, área de lazer entre outros. E todas as unidades destinadas a pessoas com deficiência ou idosas são adaptadas para proporcionar acessibilidade e mobilidade.

Os empreendimentos residenciais foram construídos por meio dos programas Morada Nova (estadual) e Minha Casa Minha Vida (federal). A demora para a entrega ocorre porque todos os contemplados dependem da análise da documentação, que é feita pelo Banco do Brasil ou Caixa Econômica, para emissão do certificado de apto para assinatura do contrato. Após esta etapa são realizados o sorteio de endereços, vistoria, assinatura do contrato e a entrega.

Por Secom