Hospitais Cosme e Damião e João Paulo II instalam tendas externas em preparação para futuras demandas de Covid-19

Rondônia - sexta-feira, 27/03/2020 às 15h25min
Hospitais Cosme e Damião e João Paulo II instalam tendas externas em preparação para futuras demandas de Covid-19

Para enfrentar a pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), antecipou os trabalhos, focando sempre na prevenção. As estratégias vão além da quarentena, e abrangem a preparação das equipes e das unidades que vão receber os possíveis pacientes.

Na sexta-feira (27), o Hospital Infantil Cosme e Damião e Pronto Socorro João Paulo II começaram a instalar as tendas e barracas para que, de forma separada, possam fazer a triagem dos pacientes com possíveis casos de covid-19, resultado da parceria com o Exército Brasileiro (17ª Brigada de Infantaria de Selva ) e com o Grupo Saga.

Os postos de triagem ficarão disponíveis pelo período mínimo de 30 dias na área externa dos hospitais, de forma que fiquem isolados dos demais pacientes. Segundo o diretor do Cosme e Damião, Sérgio Pereira, a ação visa diminuir o fluxo de pessoas dentro das unidades.

“Nós faremos a triagem de pacientes infantis e adultos, oferecendo toda a segurança necessária. Nossas equipes já foram treinadas e capacitadas para dar o melhor suporte”, destacou o diretor.

ATENDIMENTOS COM ENCAMINHAMENTOS

É importante ressaltar que ao sentir possíveis sintomas de Covid-19, o indivíduo deve procurar primeiro o Centro de Estratégias da Vigilância em Saúde (Cievs) e informar a situação para as equipes disponíveis 24 horas por dia, através dos números 0800 642 5398 e 0800 647 1010.

Os postos de triagem vão atender pacientes que já receberam as orientações por telefone e casos graves, evitando aglomerações nos locais.

EQUIPES PREPARADAS

A pandemia do coronavírus pegou o mundo todo de surpresa, por ser uma doença nova, sem cura e vacinação. A prevenção é a medida mais eficaz adotada pela maioria dos países, para que todos possam se proteger.

Em Rondônia, o cenário é positivo, devido aos poucos casos confirmados e a rápida ação do governo. Desde o início deste mês, equipes de saúde estão recebendo capacitações, e os hospitais estão sendo preparados para lidar com a pandemia.

A médica infectologista, Mariana Vasconcelos, explica que é importante os profissionais estarem atentos às medidas de segurança, o uso consciente dos equipamentos que estão racionados no mundo todo, entre outras medidas.

“Temos treinado as equipes de saúde para que possam enfrentar a pandemia com responsabilidade, evitando possíveis contaminações e uso inadequado dos equipamentos”, ressaltou a médica.

NOVOS LEITOS

O Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron) atenderá exclusivamente os pacientes acometidos por Covid-19. A expectativa é disponibilizar nesse primeiro momento a maior quantidade de leitos equipados e com áreas de isolamento.

O Cemetron já possui sete salas prontas e mais 12 que estão em fase de finalização. Além dele, a unidade de Assistência Médica Intensiva (AMI 24H) funcionará como como unidade de retaguarda, e estarão à disposição para dar qualquer suporte.

Já o Hospital Cosme e Damião possui uma ala de enfermaria separada com seis leitos prontos e equipados, e mais três alas que estão finalizando alguns ajustes, de forma que possam acolher possíveis pacientes com Covid-19 de forma segura e eficaz.

Por Agência Brasil


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email