Search
Close this search box.
Publicidade

Mais de 1 milhão de exames foram realizados em 2023 pelo Laboratório Municipal de Porto Velho

Os exames vão desde os mais simples, de rotina, até o diagnóstico de doenças mais específicas
Publicidade

Com o objetivo de levar à população exames de qualidade em tempo hábil, o Laboratório Central Municipal (Lacem) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), desenvolve um papel essencial para diagnósticos precisos e tratamentos eficazes. O trabalho nas análises resultou em cerca de 1,2 milhão de exames realizados no ano de 2023. Os exames vão desde os mais simples de rotina até diagnóstico de doenças mais específicas

Responsáveis por conduzir uma variedade de testes para avaliar a saúde e detectar possíveis doenças, o objetivo das equipes do Lacem é proporcionar aos médicos da rede de saúde da atenção básica e da média e alta complexidade, o suporte para que possam fazer o diagnóstico para atender e tratar as enfermidades em menor tempo possível.

Publicidade

A secretária adjunta da Semusa, Marilene Penati, ressalta que os exames são fundamentais para o diagnóstico de diversas doenças e também para a prevenção de agravos.

“A realização de exames é importante para diagnosticar agravos e, principalmente, para prevenir a população de complicações e sequelas. A prevenção é o melhor tratamento. O Lacem está em fase de ampliação para atender toda a rede do município com a oferta de exames laboratoriais. Este ano foram mais de 1 milhão de exames realizados, em 2024 nosso objetivo é que este número seja maior ainda”, enfatiza a secretária.

No Laboratório da Semusa são realizados mais de 80 tipos de examesNo Laboratório da Semusa são realizados mais de 80 tipos de exames

A realização dos exames é fundamental para um diagnóstico precoce, tratamento de possíveis doenças e monitoramento da saúde em geral. No Laboratório da Semusa são realizados mais de 80 tipos de exames. Entre eles estão: Hemograma, Hepatites A e B, Glicose, Beta HCG, PSA, Testosterona, HIV, Grupo Sanguíneo Ácido Úrico, Cálcio, Cloretos, Magnésio, Potássio, Ureia e Progesterona.

O gerente da Divisão de Laboratório Central Municipal da Semusa, Marcelo Brasil, explica que todo o processo inicia a partir da solicitação do exame feito durante o atendimento do paciente com o médico.

“Nossas unidades de saúde atuam como pontos de coleta, é através da requisição do exame, solicitado pelo médico em consulta ao paciente, que se inicia todo trabalho de análise. É a partir dessa coleta realizada no laboratório da própria unidade, que é posteriormente direcionada para o Lacem, que conseguimos oferecer diagnósticos cada vez mais precisos em tempo reduzido, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida das pessoas”, afirma Marcelo.

Este ano o destaque do laboratório foi o exame de Hemograma, somando mais de 350 mil realizados. Em segundo lugar, o exame Urina simples (EAS) somou cerca de 260 mil coletas. Com mais de 230 mil registros, o exame de Glicemia ocupa o terceiro lugar entre os mais solicitados e realizados no ano de 2023.

A maioria das doenças é identificada através do diagnóstico laboratorialA maioria das doenças é identificada através do diagnóstico laboratorial

“O Lacem é a unidade que processa, analisa e emite os resultados e exames laboratoriais de mais de 60 unidades de saúde, da zona urbana e rural, urgência e emergência da capital. A maioria das doenças é identificada através do diagnóstico laboratorial, para que assim seja possível realizar um tratamento eficaz e uso de medicamentos mais adequados. Sem um diagnóstico precoce fica extremamente difícil a identificação da doença, por isso a realização dos exames é de suma importância para a saúde da população”, frisa o gerente do Laboratório Central Municipal da Semusa.

O serviço conta com uma equipe multidisciplinar composta por auxiliares de laboratório, técnicos de laboratório, biomédicos e bioquímicos, distribuídos em diferentes setores, como hematologia, bioquímica, imunologia, por análise, microbiologia e diagnóstico de tuberculose.

SERVIÇO

Em Porto Velho, todas as unidades de saúde da rede municipal estão aptas a realizar a coleta biológica dos exames. Qualquer pessoa, que tenha o pedido médico, pode comparecer em uma mais próxima portando o cartão do SUS e um documento oficial com foto para realizar o exame. Confira neste link o endereço e horário de funcionamento das unidades.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias