Search
Close this search box.

Ministério Público de Rondônia vai receber denúncias de vítimas de João de Deus

Publicidade

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio do Centro de Apoio Operacional Criminal (CAOP-Criminal), vai receber denúncias de mulheres que tenham sido vítimas do médium João de Deus, acusado de crimes sexuais e que teve sua prisão preventiva requerida pelo MP de Goiás nesta quarta-feira, 12 de dezembro. As possíveis vítimas podem entrar em contato com o CAOP-Criminal por meio do e-mail caop-cri@mpro.mp.br ou pelos telefones 3216-3863 e 3216-3952.

Segundo o MP, todas as denúncias serão mantidas em sigilo.
No interior, as denúncias podem ser feitas nas sedes das Promotorias de Justiça instaladas em 22 municípios do Estado. Os relatos serão encaminhados ao Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), que montou uma força-tarefa para apurar o caso.

Publicidade

Desde o final da última semana, quando o caso veio à tona, mais de 200 denúncias de abuso sexual já foram feitas contra o médium, que atende pessoas em Abadiânia, no interior de Goiás.

Anúncie no JH Notícias