Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

“NÃO FOI INFARTO” – Família diz que jovem do Acre foi morta em Porto Velho

Em um vídeo ela relata agressão do ex-namorado
Publicidade

Inicialmente constatado como um infarto fulminante, a morte da jovem acreana Sara Albuquerque, de 27 anos de idade, na última sexta-feira (7), vem sendo investigada pela polícia rondoniense.

Nesta última semana, Sara veio à Porto Velho para visitar sua filha e a sua morte pegou seus familiares de surpresa, eles tiveram que fazer uma vaquinha para custear o traslado do corpo de Porto Velho (RO) à Rio Branco (AC).

Publicidade

Sara foi sepultada na capital acreana na manhã desta segunda-feira (10). Em contato com a família de Sara, a reportagem do JH Notícias foi informada de que a polícia vem trabalhando com a hipótese de a morte não ter sido por causas naturais.

Sara Albuquerque

A família de Sara afirmou à reportagem que ela pode ter sido vítima de mais um ataque de violência de um ex-namorado que estava com ela e a abandonou no local em que foi encontrada morta.

Ainda segundo a família, o suspeito é ex-presidiário e não foi encontrado pelas autoridades. Um vídeo de Sara pedindo socorro à sua mãe após sofrer uma suposta agressão desse homem foi enviado à reportagem do JH Notícias.

CONFIRA VÍDEO:

Anúncie no JH Notícias