Search
Close this search box.

Ônibus e caminhão-tanque colidiram em linha reta e um dos motoristas pode ter dormido

Ainda segundo PRF, na região em que ocorreu o acidente não há buracos na pista. Quatro corpos foram levados para o IML de Porto Velho
Publicidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a colisão entre um ônibus e um caminhão-tanque, nesta quarta-feira (13), aconteceu em uma linha reta da BR-364 e em um trecho onde não há buracos na pista. O acidente foi entre Itapuã do Oeste e Porto Velho e terminou com 4 mortos 16 feridos.

Como não há curvas no local onde os dois veículos se chocaram de frente, a polícia acredita que um dos motoristas possa ter dormido ao volante, pois ainda era madrugada no momento do acidente.Ainda segundo a PRF, houve uma explosão após os veículos colidirem. O condutor do ônibus, identificado como Élcio Ferreira Jordão, morreu carbonizado na hora. Já o motorista do caminhão-tanque foi retirado da cabine por uma testemunha que passava pela rodovia.

Publicidade

O motorista Élcio havia saído com o ônibus da prefeitura de Buritis, de madrugada, para transportar pacientes até a capital do estado. No ônibus estavam mais 22 pessoas, sendo 13 pacientes e 9 acompanhantes.

Élcio Ferreira Jordão, motorista de ônibus que morreu em colisão na BR-364 — Foto: WhatsApp/Reprodução

Após a colisão, três dos pacientes acabaram morrendo carbonizados. Os nomes deles ainda não foram divulgados.

Perícia e IML
No fim da manhã desta quarta-feira, os peritos da Polícia Técnico-Científica foram enviados ao local do acidente para coletarem elementos e provas que podem indicar a causa do acidente.

Logo depois, os quatro corpos foram enviados para o Instituto Médico Legal (IML) de Porto Velho.

Feridos em Porto Velho
O Hospital João Paulo II informou que seis feridos do acidente deram entrada na unidade nesta quarta-feira.

Entre os feridos que seguem internados na unidade estão:

Um idoso de 65 anos
Uma mulher de 49 anos
Uma idosa de 72 anos
Um menino de 5 anos
Um outro menino de um ano de idade, também ferido na colisão, acabou sendo transferido do Hospital João Paulo II para o Cosme e Damião.

Suporte aos familiares das vítimas
Segundo a prefeitura, o secretário municipal de Saúde, juntamente com o Procurador Geral de Buritis, foram até o local do acidente par prestar socorro aos pacientes.

Na cidade de Buritis foi montado um ponto de apoio e suporte aos familiares das vítimas e feridos.

Após a tragédia, a prefeitura de Buritis decretou luto oficial. “Lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com a família de todos os envolvidos nesse trágico acidente, a quem desejamos o conforto nesta hora difícil”, disse o prefeito Roni Irmãozinho, em nota.

VEJA O VÍDEO:

TRAGÉDIA – Ônibus bate em carreta carregada de combustível que pega fogo e mata várias pessoas na BR 364 próximo a Porto Velho – VÍDEO

 

Anúncie no JH Notícias