Search
Close this search box.
Publicidade

Operações de fiscalização coíbem irregularidades e buscam mais segurança no trânsito de Rondônia

Ações de fiscalização são reforçadas para mais segurança no trânsito de Rondônia
Publicidade

Ações que garantam mais segurança no trânsito são desenvolvidas pelo Governo de Rondônia, e objetivam educar quanto à condução correta de veículos e uso dos equipamentos obrigatórios. Dentre as atividades realizadas, está a “Operação Corta Giro”, realizada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO) em parceria com o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), com o intuito de coibir irregularidades e situações que possam ocasionar acidentes. No domingo (14), no Espaço Alternativo de Porto Velho, a operação resultou na apreensão de uma motocicleta que havia sido furtada.

As operações para coibir os abusos e infrações no trânsito, chamadas popularmente de “rolezinhos”, iniciaram em 2024, e têm o objetivo de garantir a segurança e o bem-estar de todos, a fim de retirar de circulação; motocicletas com escapamentos barulhentos e irregulares, e combater a prática de empinar motos, que ameaça a segurança de todos que frequentam o local.

Publicidade

Além da “Operação Corta Giro”, outras ações resultantes da parceria do Detran-RO e BPTran têm apresentado respostas positivas à população, a exemplo da “Operação Lei Seca”, que retira das ruas condutores que ainda persistem em dirigir sob efeito de álcool; patrulhamento com monitoramento urbano, além de ações orientativas de combate à condução de veículos automotores sem habilitação.

Só da “Lei Seca”, em 2024, foram realizadas 67 ações, com 536 registros de embriaguez; 124 ações de educação no trânsito; 119 de monitoramento urbano;  116 ações de combate às violações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com 30 casos de embriaguez, e a “Operação Corta Giro” recuperou quatro veículos furtados.

Para o diretor-geral do Detran-RO, Léo Moraes, as ações e os números apresentados comprovam o empenho do Governo de Rondônia, em assegurar mais segurança no trânsito do Estado. “A realização de ações de orientação no trânsito e de repressão são fundamentais para manter a ordem e segurança, por isso, a importância da continuidade. Nossa intenção é criar o Departamento cada vez mais humano, educativo e não punitivo. No entanto, os condutores precisam ter a consciência de que um trânsito seguro é obrigação de todos”, ressaltou.

Segundo o gerente de Apoio Administrativo, Operações e Logística, da Coordenadoria de Operações (Gerlop/Cooptran), do Detran-RO, Joe Araújo dos Santos, a “Operação Corta Giro” visa combater a infringência do Artigo 174 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que proíbe a realização de eventos organizados na via pública, sem a devida autorização.

Detran-RO reforça fiscalização com apoio da Polícia de Trânsito

CORTA GIRO 

Neste ano, foram realizadas 14 ações da “Operação Corta Giro”, em Porto Velho, contando com a que ocorreu no dia 14 de abril, onde foi recuperada uma motocicleta que apresentava registro de furto, resultando na prisão do condutor e devolução do veículo à proprietária.

Segundo o diretor-geral do Detran-RO, Léo Moraes, os números e resultados obtidos com as operações, e a melhoria nos indicadores com redução de acidentes e vítimas, demonstram que se está caminhando no rumo certo. Por isso, destacou sobre a continuidade das ações, ressaltando que já se trabalha para sejam permanentes, com regularidade e que ocorram em todo o Estado.

O diretor-geral pontuou, também que, a “Operação Corta Giro” visa a defesa da vida. “O objetivo é combater os maus motociclistas, que empinam motos e colocam a vida dos outros em risco. Por ser um local de grande concentração de pessoas, a segurança e a vida de todos é primordial”, enfatizou.

A equipe do Detran-RO circula pela cidade, tendo apoio de policiais de trânsito, que realizam a segurança e visitam locais em que, comumente, são realizados os “rolezinhos”, como Espaço Alternativo, zona Sul e zona Leste, onde os praticantes se reúnem e saem pela cidade fazendo “zoada”, empinando motos sem escapamentos, cortando o trânsito, subindo pelas calçadas, entre outros delitos do trânsito.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias