Notícias de Rondônia

Por falta de compromisso com Porto Velho, Assembleia Legislativa reavalia projeto de expansão da Usina de Santo Antônio

Postado em 25/04/2019 às 09h18min


Por falta de compromisso com Porto Velho, Assembleia Legislativa reavalia projeto de expansão da Usina de Santo Antônio

Os deputados estaduais de Rondônia estão reavaliando as concessões legais para o projeto de expansão da usina de Santo Antônio no rio Madeira. A Casa aprovou o projeto de Lei Complementar 102, ainda em 2016, apresentado pelo ex-governador Confúcio Moura, permitindo a elevação da cota do reservatório da UHE de Santo Antônio. A proposta foi aprovada por 19 votos a 4 e excluiu as áreas de preservação as reservas Serra Três Irmãos, Floresta Estadual de Rendimento Sustentado do Rio Vermelho – C e Reserva Extrativista Jaci-Paraná. Em contrapartida, R$ 30 milhões seriam investidos em infraestrutura no distrito de Jaci-Paraná em Porto Velho e outros R$ 1 milhão para os demais municípios.

Os parlamentares estão reavaliando a concessão do aumento da cota porque até hoje os R$ 30 milhões destinados a Porto Velho não foram depositados e nem o Plano de Trabalho apresentado pela prefeitura foi aprovado por Santo Antônio. Um grupo de lideranças de Jaci junto com o vereador Jurandir Bengala (PR) procurou o prefeito Hildon Chaves (PSDB) e apresentou uma lista de reivindicações. Com esses recursos, a comunidade pediu a conclusão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), asfaltamento de vias urbanas, construção de meio fio, revitalização de praças esportivas, compra de um caminhão bi-trem para transporte de calcário e um laticínio.

Um protesto está sendo organizado para o início de maio, quando está prevista a chegada dos representantes da Santo Antônio a Capital do Estado.

Por ALE-RO