Search
Close this search box.
Publicidade

Porto de Porto Velho destaca potencial econômico durante reunião com produtores de sementes

Visita técnica apresentou as oportunidades disponíveis no porto de Porto Velho
Publicidade

Uma visita técnica ao Porto de Porto Velho foi realizada por membros da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso, na quinta-feira (9). No âmbito da segunda edição do Rally Aprosmat, os associados estão se familiarizando com as novas fronteiras agrícolas de Rondônia, identificando oportunidades de negócios e avaliando o potencial econômico da região.

Antes da visita técnica, a diretoria da Sociedade de Portos e Hidrovias de Rondônia (Soph), responsável pela administração do Porto de Porto Velho, apresentou as oportunidades disponíveis no porto e compartilhou informações sobre os investimentos em andamento, na infraestrutura portuária. A reunião com os produtores ocorreu em conjunto com a equipe da Invest Rondônia, coordenadoria responsável por atrair novos empreendimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Rondônia (Sedec).

Publicidade

A associação desempenha um papel crucial no agronegócio brasileiro, sendo uma referência na produção de sementes no país. Um dos objetivos da caravana é expandir as atividades no futuro, e também explorar novas logísticas otimizadas, como o transporte de cargas pelo Porto de Porto Velho, via rio Madeira.

Porto recebe visita da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso

O executivo da associação, Eribel Silva ressaltou a importância da instituição, que tem 43 anos de existência e trabalha com culturas como soja, algodão, sorgo e forrageira. “Atualmente, a produção alcança 10 milhões de sacas, cobrindo uma área de 12 milhões de hectares no Mato Grosso”, destacou.

“Fase de oportunidades” é como Fernando Parente, diretor-presidente da Soph, descreve o momento atual do porto, destacando os esforços para regularizar novas áreas e buscar negócios em colaboração com o Governo de Rondônia. Também anunciou que, o porto está prestes a lançar um chamamento público para interessados em operarem, utilizando a infraestrutura portuária, incluindo a doação do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para outros arrendamentos portuários.

Com a perspectiva de arrendamentos e investimentos, a Soph se propõe a contribuir, significativamente, para o crescimento sustentável, consolidando o Porto de Porto Velho como um importante polo logístico e catalisador de negócios na região.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias