Search
Close this search box.
Publicidade

Prefeitura investe em georreferenciamento e cadastra pontos de iluminação para reduzir custos e agilizar serviços

Mais de 56 mil pontos, na capital e nos distritos, foram cadastrados com todas as informações
Publicidade

Para manter um cadastro atualizado de todos os pontos de iluminação pública na sede e nos distritos, a Prefeitura de Porto Velho, através da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), investiu cerca de R$ 1,3 milhão para promover um trabalho de georreferenciamento e emplaquetamento em mais de 56 mil postes. Essa ação iniciou-se em junho de 2022 e foi concluída no final de 2023.

Com essa medida, o trabalho de manutenção e correções, quando necessários, ficou mais ágil, pois facilitou a identificação correta dos locais que demandam serviços, pois na abertura do chamado é possível solicitar o número da placa afixada no poste, direcionando a equipe de campo para o local correto.

Publicidade

Esse é apenas um dos benefícios dessa iniciativa. Agora, quando há uma solicitação de manutenção, por qualquer meio oferecido pela Emdur, é possível que o solicitante informe a placa presente no poste, com a identificação precisa do local. De posse dessa informação, a Emdur sabe, através de seu cadastro, o tipo de luminária, de cabeamento, tipo de reator, tipo de braço e outras referências do equipamento, destacando as equipes de campo já com o material necessário para aquele serviço.

É possível que o solicitante informe apenas placa presente no posteÉ possível que o solicitante informe apenas placa presente no poste

Sem essas informações, antes a Emdur recebia uma solicitação de serviço, mas nem sempre o endereço repassado era preciso, com inúmeras ocasiões as equipes precisando se deslocar mais de uma vez em busca do local exato. Em muitos casos, sendo preciso entrar novamente em contato com a pessoa que reportou o caso para coletar mais informações. Esse cenário gera diversos problemas para a eficiência do fluxo de atendimento. Entre eles, o aumento de custos com envio da equipe, extensão do tempo de atendimento, atraso em outras solicitações e frustração dos moradores pela espera do conserto.

GEORREFERENCIAMENTO

O georreferenciamento é o processo de associar dados geográficos a um sistema de coordenadas, permitindo a localização e representação precisa desses dados em mapas ou em sistemas de informação geográfica. A Emdur implementou um sistema de georreferenciamento para cadastramento do parque de iluminação pública sob sua responsabilidade.

Os serviços relativos ao cadastro compreendem a coleta de registro, atualização dos dados referentes à identificação, características, quantificação e coordenadas geográficas individuais de todos os pontos de iluminação pública e demais componentes que compõem a rede municipal de iluminação pública, que possuam medição ou não.

O georreferenciamento é o processo de associar dados geográficos a um sistema de coordenadasO georreferenciamento é o processo de associar dados geográficos a um sistema de coordenadas

Para a realização do cadastramento informatizado de todos os pontos de iluminação pública, pertencentes ao município de Porto Velho e distritos, foram tomados como parâmetros fundamentais do cadastro a numeração e a caracterização do “ponto de IP” no endereço onde o mesmo está instalado, observando o seguinte: identificação do ponto (número da IP); coordenada georreferenciada (localização por GPS); identificação do bairro; nome do logradouro número do imóvel mais próximo do ponto ou ponto de referência; tipo de rede de energia tipo de cabeamento da rede; tipo de braço; tipo de luminária; tipo de reator, tipo de lâmpada e registro fotográfico do ponto de iluminação pública, entre outros.

PRAÇAS E ESPAÇOS PÚBLICOS

No caso de praças públicas, deverá ser cadastrado o poste/ponto geográfico referente ao ponto de entrega, bem como cada ponto de iluminação existente, informando as coordenadas georreferenciadas, fase de ligação, e os demais atributos relacionados nos pontos de iluminação.

Anúncie no JH Notícias