Profissionais de enfermagem fazem protesto na frente do Hospital João Paulo II

Rondônia - sexta-feira, 20/09/2019 às 09h25min
Profissionais de enfermagem fazem protesto na frente do Hospital João Paulo II

Os profissionais da área de enfermagem realizaram um protesto, na manhã desta sexta-feira (20), na frente do pronto-socorro do Hospital João Paulo II em Porto Velho. O manifesto, que fechou uma faixa da Avenida Campos Sales, começou por volta de 8h (local) e reuniu dezenas de trabalhadores.

A categoria, composta por técnicos, auxiliares e enfermeiros, reivindica o possível aumento no número de plantões. Atualmente os profissionais tiram de 12 a 13 plantões por mês. Porém, com a nova decisão do Estado, passariam a tirar de 14 a 15 plantões por mês, com 40 horas semanais.

No protesto desta sexta-feira, os trabalhadores usaram faixas pedindo a “regulamentação dos turnos ininterruptos “. Durante o manifesto, o trânsito na região do hospital ficou congestionado.

À Rede Amazônica, os manifestantes dizem que a escala atual de plantões exigida pelo governo, de 40 horas, já são cumpridas e que eles trabalham sem pausa para descanso.

Na última terça-feira (17), os profissionais de enfermagem já tinham realizado um protesto na frente do Hospital João Paulo II.

Manifesto dos profissionais de enfermagem acontece na frente do JPII — Foto: Priciele Venturini/Rede Amazônica
Categoria pede regulamentação de turnos ininterruptos — Foto: Priciele Venturini/Rede Amazônica

Por G1


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email