Search
Close this search box.
Publicidade

Rondônia tem 1.421 reeducandos inscritos no Enem para Privados de Liberdade

Internos têm acesso a aulas gratuitas e livros para se prepararem para o exame
Publicidade

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para Privados de Liberdade teve 162 inscrições a mais que na edição do ano passado. Foram 1.421 reeducandos inscritos para fazer a prova que será realizada nos dias 12 e 13 de dezembro no Brasil.

O anúncio foi feito pela Sejus (Secretaria de Estado da Justiça). As provas são gratuitas e voluntárias, sendo que os critérios de avaliação são realizados pelo MEC (Ministério da Educação), com provas no mesmo nível de dificuldade do Enem regular.

Publicidade

É através do exame que os internos podem ingressar no ensino superior por meio de programas como Sisu, Prouni e Fies, com autorização judicial.

Além disso, dentro das unidades prisionais são ministradas aulas e são disponibilizados livros para os reeducandos estudarem. Além da possibilidade do avanço no nível escolar, através dos estudos, os internos recebem o benefício da remição, que autoriza a redução de um dia de pena a cada 12 horas de estudo, previsto na LEP (Lei de Execução Penal).

Combate Clean Anúncie no JH Notícias