Transporte coletivo parou de vez com pedido de demissão coletiva dos trabalhadores

Rondônia - sexta-feira, 17/01/2020 às 08h21min
Transporte coletivo parou de vez com pedido de demissão coletiva dos trabalhadores

O que já era previsto aconteceu, os trabalhadores do transporte coletivo de Porto Velho decidiram por unanimidade de votos pedir demissão por rescisão indireta (em massa) na tarde de quinta-feira. Hoje vai completar uma semana que os ônibus estão parados.

Segundo o advogado do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Urbano de Rondônia (Sitetuperon), a decisão foi tomada em nova audiência com o Consórcio SIM, empresa responsável pelo serviço.

De acordo com o sindicato, a categoria seguiu ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT-14) da região para formalizar a decisão. Na manhã desta quinta, os trabalhadores se reuniram em uma assembleia para serem discutidas as duas propostas apresentadas pelo SIM em audiência de conciliaçãoque ocorreu na quarta-feira (15). Mas não houve avanço nas negociações.

“Infelizmente está aí. Pai de família que hoje acabou de pedir demissão. Ou seja, não tem perspectiva de nada porque você chegar em uma mesa com uma magistrada para fazer um acordo no próprio tribunal e ver o empresário simplesmente dizer que não tem dinheiro para suprir a necessidade dos trabalhadores para pagar aquilo que nós já trabalhamos, que já foi trabalhado, e querer dividir, parcelar. Não dá. O resultado está aqui: rescisão indireta individual por unanimidade”, declarou Francinei Oliveira, presidente do Sitetuperon, após a decisão.

Por Marcos Sousa