Siga nossas redes sociais

Domingo, 14/08/2022

JH Notícias

GOV RO - QUEIMADAS 2022 - JUNHO - IN JH NOTÍCIAS

Brasil

Após denúncia, suspeito de abusar e engravidar a enteada é preso

Denúncia foi feita por uma irmã da vítima, que recebeu uma foto com X na mão, que simboliza um pedido de socorro por violência doméstica

WhatsApp

Um homem de 42 anos foi preso suspeito de estuprar e engravidar a enteada na fazenda em que moravam no município de Aporé, no sudoeste goiano. Segundo informações da Polícia Civil, a jovem que tem 21 anos conseguiu enviar à irmã uma foto de uma mão com um “X” vermelho, para indicar que estava sendo vítima de violência e precisava de ajuda. Após o aviso, a irmã fez a denúncia.

O suspeito acabou preso nessa quinta-feira (6/1). De acordo com a corporação, a família morava na zona rural da cidade, em uma propriedade longe da zona urbana, e o padrasto agia sempre da mesma maneira: esperava a jovem ficar sozinha para cometer os abusos.

Conforme explicação da Polícia Civil, o homem engravidou a enteada e chegou a registrar o próprio filho. Após os episódios criminosos, ele ameaçava a jovem e dizia que, caso ela contasse para alguém, nunca mais veria o filho.

Celular da mãe
O celular usado pela vítima para pedir socorro à irmã era da mãe dela, que, por sua vez, não sabia dos abusos. Para fazer a denúncia, a jovem enviou uma imagem da internet que simboliza o pedido de ajuda, já que o homem a prendia e não deixava que saísse.

Segundo a PCGO, inicialmente, a denúncia chegou como um caso de violência doméstica. No entanto, ao apurarem o caso, descobriram os estupros. O suspeito, que não teve o nome divulgado, disse à corporação que as relações foram consensuais.

Ainda de acordo com a apuração policial, a vítima era estuprada pelo padrasto havia cerca de cinco anos. O homem também teria abusado sexualmente da filha de sua outra enteada nos seis primeiros meses de 2021, enquanto a criança, que tem 8 anos, passava um período na fazenda com a família.

O preso deve responder pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável. Se condenado, pode ficar preso por até 15 anos.

Governo de Rondônia - Covid - Influenza
Governo de Rondônia - Covid - Influenza

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por METRÓPOLES

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil