Notícias de Brasil

Boi de 600 kg morre afogado em mar de Salvador depois de fugir de exposição agropecuária

O animal da raça Nelore entrou no mar por volta das 11h de forma inesperada, de acordo com testemunhas.

Postado em 30/11/2018 às 08h55min • Atualizado 08h57min


Boi de 600 kg morre afogado em mar de Salvador depois de fugir de exposição agropecuária

Um boi de 600 kg que havia fugido no sábado (24), enquanto estava sendo descarregado na Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro) realizada no Parque de Exposições de Salvador, morreu afogado depois de entrar no mar da região da Stella Maris nesta quinta-feira (29).

O animal da raça Nelore entrou no mar por volta das 11h de forma inesperada, de acordo com testemunhas. Quatro salva-vidas da Salvamar Brasil tentaram evitar o afogamento do boi enquanto outros três, da areia, orientaram os profissionais devido à forte correnteza. Com pranchas, boias e uma corda, os salva-vidas enfrentaram duas horas de remada no mar – de 11h30 até pouco mais de 13h30.

“Fizemos um cerco para ver se a gente conseguia levá-lo para a costa, mas ele estava muito assustado, estressado. Estava muito bravo, mesmo dentro da água”, disse Januário Brito, chefe de setor de salvamento da Salvamar, ao jornal “Correio”.

A organização da Fenagro emitiu uma nota explicando que assim que o boi fugiu no sábado (24), uma equipe da exposição tentou resgatá-lo, porém o animal sumiu dentro de uma área de vegetação e o resgate foi impossibilitado. A captura do animal foi reiniciada na manhã desta quinta-feira (29) por cavaleiros de apoio da feira e cavalaria montada da Polícia Militar.

Antes mesmo da chegada dos salva-vidas, um grupo de surfistas já tentava resgatar o boi. “Tinha um boi no mar e era inacreditável. Ele passou a arrebentação e estava lá fora (no mar), andando. Sei que acontece de atravessar rio, mas no mar nunca vi”, disse o fotógrafo aquático de surfe Douglas Pedrosa, de 24 anos, ao “Correio”.

“A gente conseguiu trazê-lo para a areia três vezes, mas ele voltava. Parecia que queria cometer um suicídio”, completou o profissional que fez uma foto do animal dentro da água.

Por JH Notícias