Search
Close this search box.

LOUCURA – Indígena tem alucinações e mata a esposa a facadas

Os dois filhos, uma criança de 2 anos de idade e outro de alguns meses, estavam ao lado do corpo da mãe.
Publicidade

Um homem conhecido como Amadinho, morador da Aldeia de São Jorge, área indígena do rio Marau, foi detido por ribeirinhos após golpear a companheira, na tarde desta quarta-feira (17).

O crime aconteceu na Área Indígena, Comunidade Menino Deus nio municopio de Maués, interior do Amazonas.

Publicidade

Amadinho, acompanhado da mulher e os dois filhos, retornavam para a comunidade em uma pequena embarcação. Segundo informações, ao chegar na entrada da área indígena, próximo a comunidade Menino Deus, o homem que estava embriagado, começou a apresentar uma crise de alucinações.

Em um dos relatos, o homem foi avistado andando desorientado pela beirada e dizia que a figura de um “vampiro” dentro da canoa, tentava contra a sua vida e para se defender, o matou.

Os moradores perguntaram pelos filhos que estavam na embarcação e sem saber a localização, um grupo de comunitários saíram em busca, enquanto o homem eufórico, dizia frases sem sentido.

Em longa distância, avistaram a embarcação encostada na beirada e ao se aproximarem, se depararam com a mulher de 17 anos, já sem vida. Os dois filhos, uma criança de 2 anos de idade e outro de alguns meses, estavam ao lado do corpo da mãe.

Os moradores enviaram um pedido de ajuda à comunidade Vila Nova 2, onde estava sendo realizada uma Assembléia Geral da Área Indígena, de onde partiu o comunicado para a Polícia Militar de Maués.

O homem tinha um comportamento marcado por ciúmes, brigas além do uso de álcool e drogas. Foi detido pelos próprios comunitários e preso em flagrante após matar a companheira.

 

Anúncie no JH Notícias