Siga nossas redes sociais

Terça-feira, 26/10/2021

JH Notícias

Lei do passe livre intermunicipal para pessoas com câncer

Brasil

Pastor é preso por suspeita de estuprar ao menos seis crianças

Pastor Willian Adriel, de 53 anos, cometeria crimes desde o início dos anos 2000. Vítimas teriam menos de 10 anos à época

WhatsApp
Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu, na manhã desta terça-feira (14/9), um pastor suspeito de estuprar crianças e adolescentes. Willian de Souza Adriel, de 53 anos, foi preso em sua residência, em Itaberaí, cidade a 100 quilômetros da capital goiana. Até agora, já foram identificadas seis vítimas do religioso.

De acordo com a corporação, a prisão é decorrente de longa investigação criminal feita pela delegacia, que levou ao pedido de prisão autorizado pela Justiça. Ao longo da apuração, verificou-se que o pastor teria estuprado várias crianças e adolescentes. Os crimes teriam começado na fim dos anos 2000.

De acordo com o delegado da cidade, Kristian Felipe da Rosa, já foram identificados crimes cometidos em 2008 e 2009 e, por último, em 2019.

A suspeita é de que o pastor se valia de seu ministério, a partir da posição que ocupava em uma igreja da cidade, para ganhar a confiança das famílias e se aproximar das crianças/adolescentes e perpetrar os crimes de estupro. A Polícia Civil já identificou 6 vítimas. Na época dos fatos, elas tinham menos de 10 anos de idade.

Mas o número pode ser bem maior. A Polícia Civil apura ainda denúncias de outras vítimas do autor. O pastor foi interrogado na delegacia e ficará à disposição da Justiça, recolhido na Unidade Prisional de Itaberaí. Ele responderá pelo delito de estupro de vulnerável, cuja pena é de reclusão, de 8 a 15 anos.

Imagem
De acordo com a Polícia Civil, a divulgação da imagem do investigado segue em conformidade com o despacho do delegado responsável pela investigação, fundamentado nos ditames da Lei nº 13.869/2019 e a Portaria nº 02/2020-PCGO.

A exibição da foto é importante, conforme a corporação, pelo fato de que possam existir outras crianças/adolescentes vítimas do autor. Há, portanto, interesse público na divulgação da imagem, de modo que outras eventuais vítimas façam seu reconhecimento e compareçam na Delegacia de Polícia para a tomada das providências legais cabíveis.

Lei do passe livre intermunicipal para pessoas com câncer

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Metrópoles

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade JR Consultoria Financeira Porto Velho
Publicidade Lei do passe livre intermunicipal para pessoas com câncer
Publicidade
Publicidade Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil

Compartilhe esta notícia: